Foto: Corpo de Bombeiros de Valinhos

Segundo informações dos Bombeiros, por volta das 22h da noite de ontem (15), um homem de 55 anos caiu de uma passarela de madeira improvisada que liga a Av. Brasil, na Vila Santana, à Av. Gessy Lever, no Bairro Lenheiro, caindo sobre a linha do trem que corta a cidade, e tendo sido resgatado pelo Corpo de Bombeiros com suspeita de fraturas no fêmur e na costela.

A passarela improvisada, localizada logo atrás do Supermercado Caetano da Vila Santana, é utilizada com frequência por moradores do entorno para fazerem a travessia da linha férrea e também do Ribeirão Pinheiros, e é a única forma de se fazer a passagem sem que seja necessário andar até o Viaduto Laudo Natel, numa caminhada de aproximadamente 2 km.

O acidente é consequência iminente da inexistência de uma política de mobilidade urbana no município, principalmente a voltada aos pedestres, que frequentemente se colocam em perigo para fazerem travessias em locais sem uma estrutura segura, caminhando em beira de estradas sem acostamento, ou até em calçadas esburacadas, obstruídas, ou construídas completamente fora da legislação, sem que haja qualquer fiscalização.

-publicidade-

Na reestruturação administrativa aprovada recentemente pela Câmara Municipal de Valinhos, tivemos a substituição da nomenclatura da até então Secretaria de Transporte e Trânsito para Secretaria de Mobilidade Urbana, o que sugere uma mudança na forma de ver a questão da mobilidade na cidade, porém a estrutura administrativa desta Secretaria não teve nenhuma mudança que refletisse isto.

Deixe um comentário

Por favor, digite seu comentário.
Por favor, digite seu nome