Agricultura orgânica é tema em reunião em Valinhos

0

Objetivo é conquistar o selo orgânico para agricultores locais.

A UnisolBrasil, Central de Cooperativas, realizou uma reunião com agricultores rurais orgânicos das cidades de Valinhos, Itatiba, Vinhedo e Campinas com o objetivo de dar o primeiro passo para a construção do Núcleo do Sistema Participativo de Garantia – SPG, para a certificação organica em Valinhos.

O encontro aconteceu no dia 6 de fevereiro na Chácara Musseli, em Valinhos.

A reunião teve a presença de diversos produtores de frutas, hortaliças, legumes, produtores de ervas aromáticas, produtores de geleias, tudo na linha orgânica e contou com a presença de representantes de entidades e do poder legislativo e executivo local.

O presidente da Associação Eva Alexandre Tonetti, o Vereador Alécio Cau e o Secretario de Desenvolvimento da Prefeitura de Valinhos, Wilton Luiz Borges, e equipe participaram da reunião e se comprometeram em apoiar e fortalecer a iniciativa.

Durante a reunião o Presidente da Central de Cooperativas Unisol Brasil, Leonardo Pinho, apontou que a decisão de construir uma certificação participativa é dos agricultores e agricultoras e colocou em votação a solicitação de criação do Núcleo Valinhos.

Os presentes aprovaram por unanimidade este caminho e decidiram realizar uma reunião de Planejamento em inicio de março, onde será decidido o funcionamento e prioridades do Núcleo, bem como, chamar novos agricultores e parceiros.

No mesmo dia no período da tarde diretores da Unisol Brasil se reuniram com o Presidente da Associação Agricultura de Campinas e Região, primeira entidade do país com reconhecimento de sua certificação participativa pelo MAPA, Romeu Mattos Leite e o Diretor Cesar Cury na qual estabeleceram parcerias para ampliação de grupos de certificação participativa na Região Metropolitana de Campinas e em Americana.

Nessa reunião ficou decidido a autorização para a criação do Núcleo Valinhos de Certificação Participativa, para aquisição de selo orgânico dos agricultores e agricultoras da cidade.

Deixe um comentário

Por favor, digite seu comentário.
Por favor, digite seu nome