Era noite de sexta-feira, dia 29 de junho, e quem chegava ao aconchegante espaço Montjuïc, no Bairro Cambuí, em Campinas, era calorosamente recebido pelos anfitriões Jamile Fujishima e Willian Ferreira para uma foto descontraída. Passada a recepção, os convidados adentravam em um ambiente detalhadamente decorado, onde seria servido um coquetel ao som da cantora Letícia Nicolielo.

A ocasião era o lançamento do portal Casamentos LGBT, um site que reúne empresas e fornecedores que atuam em casamentos e que são “gay-friendly”, ou seja, que aceitam trabalhar e/ou fornecer para casamentos entre casais que não se encaixam no padrão  heteronormativo.

Todos os detalhes do evento foram especialmente pensados e preparados por parceiros do portal, e que também fazem parte da lista de fornecedores, que pode ser conferida no site casamentoslgbt.com.br.

-publicidade-

O portal foi idealizado pelo advogado Willian Ferreira. Nascido em Curitiba, Willian mora atualmente em Valinhos, onde conheceu Jamile Fujishima, cantora que, segundo palavras do próprio, se tornou sua “parceira de vida”. Jamile é bastante conhecida na região por seu trabalho de agenciamento de músicos para eventos, e se tornou parceira de William também nesta nova empreitada.

O casal Jamile Fujishima e William Ferreira com a drag queen Priscila Drag, que fez uma pequena performance no evento.

A data para o lançamento não foi escolhida por acaso. No dia anterior, 28 de junho, era comemorado no mundo todo o Dia do Orgulho LGBTI. Instituído para a celebração da diversidade e de todas as formas de amor, o Dia do Orgulho LGBTI nos reforça a memória da Rebelião de Stonewall Inn, episódio em que gays, lésbicas, transsexuais e outros se manifestaram contra a política de invasão e expulsão deste público nos bares e boates de Nova Iorque, no ano de 1969.

Às 21h, os convidados foram levados todos ao jardim do espaço, onde um brinde foi feito em celebração ao amor. Em suas palavras de agradecimento, Willian contou o que o levou a criar este portal, o primeiro do Brasil voltado a casamentos do público LGBTI+, que conquistou o direito à união civil em 2011 através de uma decisão judicial.

Segundo Willian, há aproximadamente dois anos, um casal gay entrou em contato com ele para consultar sobre a possibilidade de a empresa de Jamile fazer a musicalização de seu casamento, ou se o fato de ser um casamento gay seria um impeditivo. Willian, curioso com a pergunta, teria questionado o porquê de não aceitar um trabalho por este motivo, e a resposta o deixou atônito: outro grupo já teria sido procurado e se recusado a realizar o serviço.

O assombro que Willian teve num primeiro momento logo se transformou na visão de uma nova possibilidade, e a partir daí foram dois anos de pesquisas e desenvolvimento da ideia, que finalmente veio a se tornar realidade naquele instante.

Willian disse ainda acreditar (e torcer) que a sociedade avançará para um dia em que serviços voltados para o público LGBTI+ não serão mais necessários, pois estes serão enxergados por todos como iguais. Mas enquanto este momento não chega, pretende oferecer um espaço de troca, em que clientes e fornecedores se sintam a vontade para produzirem casamentos marcantes, memoráveis, sem se preocuparem com a intolerância de nosso mundo.

O Portal Pé de Figo teve a honra de ser convidado a participar deste evento, e convida a todos que visitem o site clicando AQUI.

1 Comentário

Deixe um comentário

Por favor, digite seu comentário.
Por favor, digite seu nome