Comitê “Nenhum Direito a Menos” de Valinhos traça plano de ação

0

Carta ao Povo de Valinhos vai explicar o impacto das reformas na vida dos brasileiros

Criado a partir de uma proposta do ato público realizado em Valinhos no dia 28 de abril, dia da greve geral, o Comitê “Nenhum Direito a Menos” realizou na noite desta 5a feira (11) a sua primeira reunião.

Com a participação de advogados, professores, representantes da Apeoesp, Musp, Centro de Cidadania, Defesa dos Direitos Humanos e Desenvolvimento Social “Dorothy Stang”, Unisol, partidos políticos e cidadãos, o Comitê decidiu realizar ações de esclarecimento à população de Valinhos sobre os efeitos das propostas de reforma trabalhista e previdenciária encaminhas pelo governo de Michel Temer (PMDB).

“dialogamos sobre o avanço das reformas que tiram direitos dos trabalhadores e trabalhadoras e estratégias para informar e mobilizar a população”.(Léo Pinho)

Segundo Léo Pinho, coordenador da reunião: “dialogamos sobre o avanço das reformas que tiram direitos dos trabalhadores e trabalhadoras e estratégias para informar e mobilizar a população”.

Os presentes, por fim, deliberaram a seguinte agenda de realizações:

1. Construção da Carta ao Povo Valinhense, explicando o impacto das reformas na vida dos trabalhadores e trabalhadoras;

2. Realizar dia 20 de Maio uma Panfletagem no Centro de Valinhos concentração as 9h na frente da Igreja Matriz;

3. Realizar uma Aula Aberta sobre as Reformas dia 10 de Junho concentração as 9h na frente da Igreja Matriz.

Para saber mais sobre as ações do Comitê “Nenhum Direito a Menos” acompanhe a página no facebook: https://www.facebook.com/Comit%C3%AA-Nenhum-Direito-A-Menos-435380120163206/

Deixe um comentário

Por favor, digite seu comentário.
Por favor, digite seu nome