De acordo com o contrato, o órgão municipal repassará recursos financeiros para a FUNAP, que fará remuneração dos apenados.

Dez reeducandos do Centro de Progressão Penitenciária Prof. Ataliba Nogueira de Campinas prestarão serviços de manutenção, limpeza, jardinagem e conservação de passeios, guias e alambrados, além de pintura e pequenos reparos nas instalações do DAEV.

Para o presidente do Departamento de Águas e Esgotos de Valinhos, Pedro Inácio Medeiros, “o trabalho é um dever social e condição de dignidade humana. A atividade produtiva educa e representa um dos principais fatores para ressocialização, impactando diretamente na não-reincidência criminal. É também positivo para a comunidade e evita os efeitos negativos causados pela ociosidade desses internos que logo voltarão à liberdade”.

-publicidade-

A contratação, feita junto à Fundação Prof. Dr. Manoel Pedro Pimentel (FUNAP) – vinculada à Secretaria de Estado da Administração Penitenciária –f oi uma das soluções encontradas pelo DAEV para reduzir custos na conservação de seus prédios.

De acordo com o contrato, o órgão municipal repassará recursos financeiros para a FUNAP, que fará remuneração dos apenados. E a execução dos trabalhos será supervisionada pela Secretaria de Segurança Penitenciária através de seus agentes.

“O programa é bom para Valinhos que economizará recursos importantes e essenciais para os reeducandos, que através do trabalho estão buscando sua reintegração social”, afirmou o prefeito Orestes Previtale.

 

Fonte: Imprensa Daev

Deixe um comentário

Por favor, digite seu comentário.
Por favor, digite seu nome