Deputados mais votados em Valinhos são a favor da Reforma Trabalhista

0
Luiz Lauro (PSB), Carlos Sampaio (PSDB)

Dos 10 deputados eleitos mais votados em Valinhos, sete demonstraram ser favoráveis a reforma trabalhista

A Reforma Trabalhista, proposta pelo presidente Michel Temer (PMDB), foi aprovada na noite da última quarta-feira (28) por 296 votos favoráveis contra 177 contrários. O projeto segue agora para a votação no Senado.  Eram necessários 237 votos para a aprovação do texto.

Enquanto apoiadores defendem a reforma, alegando que trata-se de uma modernização das atuais leis trabalhistas brasileiras e que há, no projeto, uma potencial força de geração de empregos, os críticos à medida enxergam, na proposta, a possibilidade da perda de direitos trabalhistas fundamentais e o prevalecimento do interesse do patrão sobre o funcionário contratado.

O portal Pé de Figo, por meio da lista de votação de cada parlamentar, fez um levantamento sobre como cada um dos 10 deputados federais mais votados em Valinhos escolheram entre aprovar (SIM) ou desaprovar (NÃO) a reforma trabalhista.

Dos 10 deputados, nove votaram – não consta voto do deputado Paulo Freire (PR). Dos nove votos, seis foram a favor da aprovação da medida, enquanto três foram contrários. Os votos contrários correspondem ao do deputado Tiririca (3º deputado eleito mais votado) e dos deputados Ivan Valente (9º deputado eleito mais votado) e Zarattin (10º deputado eleito mais votado).

Embora não conste o voto de Paulo Freire (PR), o Deputado foi a favor na votação que concedeu o caráter de urgência para a aprovação da reforma.

Confira a lista

Carlos Sampaio (PSDB): votou SIM pela Reforma Trabalhista

Celso Russomano (PRB): votou SIM pela Reforma Trabalhista

Tiririca (PR): votou NÃO pela Reforma Trabalhista

Luiz Lauro Filho (PSB): votou SIM pela Reforma Trabalhista

Paulo Freire (PSC):

Roberto Alves (PRB): votou SIM pela Reforma Trabalhista

Jefferson Campos: votou SIM pela Reforma Trabalhista

Ivan Valente (Psol): votou NÃO pela Reforma Trabalhista

Zarattin (PT): votou NÃO pela Reforma Trabalhista

Deixe um comentário

Por favor, digite seu comentário.
Por favor, digite seu nome