Em Valinhos, equipe feminina da Ponte Preta perde para o Foz Cataratas

0

Em jogo cheio de pênaltis, as visitantes jogaram a melhor e saíram de Valinhos com três pontos

A equipe da Ponte Preta, representada pelas atletas do Valinhos Futebol Feminino, perdeu na tarde de ontem (5), em casa, pelo placar de 3 a 1 para o Foz Cataratas, em partida válida pela 6ª rodada da fase de grupos do Campeonato Brasileiro.

Com dificuldades na armação e na saída de bola, a Ponte Preta foi dominada pelas visitantes em boa parte do jogo. Com o controle das ações ofensivas e uma boa transição da bola entre as linhas, as meninas do Foz Cataratas  só não venceram por uma diferença maior no placar por conta de um pênalti não convertido pela capitã, Verônica.

As comandadas da técnica Ana Lucia acumulam a quarta derrota seguida e se encontram em sétimo lugar do grupo B. A equipe paranaense se recuperou da derrota sofrida em casa na última rodada e, com a vitória diante da Ponte Preta, somam mais três pontos e diminuem a diferença para a Ferroviária, que empatou com o Vitória-BA em 2 a 2.

Na próxima rodada, a Ponte Preta jogará novamente em Valinhos, no campo Eugênio Fransceschini (Bom Retiro), contra o Rio Preto-SP, enquanto o Foz Cataratas viajará para o Rio de Janeiro, onde enfrentará o líder do grupo, Flamengo.

O jogo

Logo nos minutos iniciais do primeiro tempo, a equipe do Foz mostrou que, embora fosse visitante, não se fecharia na defesa para partir em busca dos contra-ataques. As paranaenses marcaram pressão, dificultaram a saída de bola da Ponte Preta e abriram 2 a 0 com facilidade. Apesar de aguerridas, as pontepretanas tinham problemas para colocar a redonda no chão e desenvolver as jogadas de ataque para Kerolin, que esteve isolada na maior parte do tempo.

A pressão das paranaenses surtiu efeitos logo aos dez minutos.  Ao recuperar uma bola mal afastada pela zaga da Ponte, o cruzamento vindo da direita encontrou a capitã do Foz, Verônica, sozinha, para empurrar para o gol de Zezé. Cinco minutos depois, no rebote de uma cobrança de falta que carimbou o travessão, a atacante Pamela só teve o trabalho de empurrar a bola para o gol vazio. Apesar da reclamação das atletas da Ponte Preta com relação ao posicionamento de Pamela, o gol foi validado e o 2 a 0 se manteve até o final do primeiro tempo.

No segundo tempo, a Ponte Preta se lançou ao ataque. Aos dez minutos, Kerolin recebeu ótimo passe em profundidade, carregou a bola sozinha até a área e, ao tentar driblar a goleira, sofreu o pênalti. Renata converteu e diminuiu a diferença para 2 a 1. Foi o melhor momento da Ponte na partida, que chegou a pressionar e quase empatar o jogo.

Porém, minutos depois, Camila fez pênalti em uma das atacantes do Foz e Verônica não desperdiçou, marcando seu segundo gol na partida e o terceiro das visitantes. Verônica ainda teve a chance de ampliar em outro pênalti sofrido, mas a capitã chutou a bola para fora.

O erro, no entanto, não influenciou no resultado final: Ponte Preta 1 x 3 Foz Cataratas .

Deixe um comentário

Por favor, digite seu comentário.
Por favor, digite seu nome