-publicidade-

Paciente foi encontrado no local de trabalho e não em casa como foi noticiado anteriormente 

Através de sua assessoria de imprensa, a Prefeitura  de Valinhos emitiu, nesta sexta-feira (9), uma nota para esclarecer que, ao contrário do que foi divulgado anteriormente, o  paciente de 58 anos detectado com suspeita de febre amarela,  estava no local de  trabalho, e não em sua casa, quando foi abordado por agentes de Saúde da prefeitura, na última terça-feira.

Segundo a nota, ele foi orientado a procurar imediatamente atendimento médico por apresentar os sintomas da febre amarela.

-publicidade-

O paciente mora e trabalha no bairro Chácaras Alpinas, onde há registro de um caso de morte confirmada pela versão silvestre da doença.

Ele foi encontrado durante trabalho de varredura e vacinação domiciliar no bairro e encaminhado para a UPA. Diante da gravidade do quadro, foi levado para a Santa Casa de Valinhos, de onde foi transferido para o Hospital de Clínicas (HC) da Unicamp, onde segue internado.

A cidade possui agora sete casos suspeitos da doença, sendo duas  mortes confirmadas.

Agentes de saúde estão nesta sexta-feira no bairro Chácaras Alpinas em novo processo de varredura. O objetivo é detectar moradores que não tenham se vacinado contra a doença.

Além disso, a cidade terá um esquema especial de vacinação até 19h nesta sexta-feira na UBS Paraíso e fará um esquema de plantão na UBS Vila Santana neste sábado, das 8h às 17h.

Fonte: PMV

Deixe um comentário

Por favor, digite seu comentário.
Por favor, digite seu nome