Febre amarela: três mil moradores foram vacinados no sábado

0

O esquema de vacinação continua normal nessa segunda-feira. E para a semana a Secretaria fará uma avaliação dos próximos passos.

Segundo a assessoria de imprensa da Prefeitura,  Valinhos imunizou aproximadamente 3 mil moradores contra a febre amarela neste sábado (24). Quatro Unidades Básicas de Saúde (UBSs) foram abertas para a vacinação. A campanha ocorreu das 8h às 17h nas Unidades Básicas de Saúde dos bairros: Jardim Pinheiros, Vila Santana, Bom Retiro e Jardim Paraíso.

Durante todo o dia, a procura foi intensa nos quatro pontos, mas os moradores não enfrentaram filas para serem vacinados. A Secretaria de Saúde colocou 53 profissionais, entre enfermeiras e agentes, para cuidar de cada detalhe dos procedimentos. Na unidade da Vila Santana, a mais procurada, teve uma demora de apenas 15 minutos para o atendimento. Isto porque cada morador precisou preencher um questionário e ainda passar pela avaliação de um enfermeiro.

-publicidade-

O esquema de vacinação continua normal nessa segunda-feira. Na terça, a equipe responsável fará uma reunião para definir os próximos passos da campanha. A população de Valinhos está consciente da necessidade da vacinação.

Um bonito exemplo foi da garotinha Lívia de Azevedo, de apenas 5 anos. Ela insistiu para que aos pais participassem da campanha. No momento da vacina, ainda na fila, ela teve uma conversa séria com o pai, Marcos de Almeida, que não queria receber a dose. “Pai, não vai tomar a vacina? Não quero que você morra”, disse ela. Diante da “intimação”, Marcos preencheu o formulário e foi para a fila da vacina. “Ela passou a semana toda pedindo para ser vacinada”, afirmou o pai.

Outra família que foi unida para o posto de vacinação foi de Marcelo Valente. A mulher Regiane e o filho Thiago foram para a unidade do Paraíso. “É essencial a vacina. Muito importante. O mutirão em um sábado ajudou muito, pois trabalhamos durante a semana.” Regiane ressaltou a velocidade do procedimento. “Foi tudo muito fácil. Ficamos apenas alguns minutos e fomos atendidos. Sem qualquer problema.”

Casos

Atualmente, são seis notificações para febre amarela em Valinhos, sendo um caso positivo de morte e outros cinco que ainda aguardam resultado de exame pelo Instituto Adolfo Lutz. Entre os cinco suspeitos há uma morte.

Das seis notificações, quatro são de uma mesma família. Além de dois irmãos gêmeos, de 38 anos (um morreu), um sobrinho, de 16 anos, uma mulher de 62 anos também apresentou os sintomas nesta semana. Ela passa bem.

A Secretaria da Saúde não descarta que os cinco casos em investigação possam ser também de dengue hemorrágica ou febre maculosa, principalmente pelas semelhanças entre os sintomas.  “Precisamos da cooperação dos moradores, que devem evitar qualquer risco de armazenamento de água em áreas abertas em suas propriedades. Qualquer objeto que retenha uma pequena quantidade de água já representa risco”, disse Claudia Maria dos Santos, diretora da Vigilância Epidemiológica de Valinhos.

Fonte: PMV

Deixe um comentário

Por favor, digite seu comentário.
Por favor, digite seu nome