Gestão contemporânea 

0

A gestão pública é uma atividade complexa e árdua que requer, acima de tudo, planejamento. É preciso que o gestor público defina e aperfeiçoe primeiramente seus objetivos, e destes, formule projetos que o levem a alcança-los. E tudo em curto prazo, afinal, a sazonalidade da administração pública é sempre um empecilho que deve ser levado em conta.

Com a gestão cultural, não há nada de mais simples. Ao contrário, quando se trabalha com cultura, a definição dos objetivos é muito mais complexa do que em outras áreas mais tradicionais da sociedade. Isto se dá principalmente pelo entrave da falta de formação de gestores e pesquisadores da área da cultura, o que faz com o que o seguimento patine sempre nos mesmos equívocos teóricos e cometa copiosos erros já superados em países em que a área já é mais desenvolvida.

Desenvolver projetos de arte e cultura sem um objetivo final bem delineado é, portanto, um erro. E um erro recorrente.

Gilberto Gil, ex-Ministro da Cultura, em seu famoso discurso de posse, trouxe para o vocabulário da gestão cultural brasileira o conceito de Política Cultural, surgido na França algumas décadas antes. A partir deste conceito, Gil apresentou sua visão da função da gestão pública não como uma executora de projetos, não como uma produtora cultural, mas como uma garantidora da busca pelos objetivos do Estado no que se refere ao seguimento.

Mas quais os objetivos que devem ser buscados pela gestão cultural? Acima de todos, os constitucionalmente garantidos direitos culturais, mas também podemos citar como fortes objetivos o desenvolvimento cultural e a democracia cultural, entre outros. Conceitos tão poucos desenvolvidos pela literatura brasileira.

A forte mobilização da classe artística nos últimos anos demonstra que é chegada a hora de lidar com a gestão cultural de forma mais profissional e organizada, e quem não se adaptar a esta nova realidade, levará consigo as chagas de não conseguir se adaptar aos novos desafios da sociedade.




Deixe um comentário

Por favor, digite seu comentário.
Por favor, digite seu nome