O Rap na primeira década de 2000

0

Por volta de 2009, uma cena paulista surgiu pra renovar o Rap no país

Em 2002, Sabotage lançou seu primeiro álbum, intitulado Rap é Compromisso, pela  gravadora Cosa Nostra de Racionais’Mcs , foi um grande sucesso, porém de curto prazo, pois ele  foi assassinado em 2003.

O grupo Quinto Andar, fundado em 1999 no Rio de Janeiro, lançou seu primeiro e único álbum em 2005 no mesmo ano em que foi  dissolvido o grupo.

Piratão, que foi um dos responsáveis pelo novo desenvolvimento do Hip Hop no Brasil, também lançou vários artistas de grandes nomes na atualidade como, Marechal, Kamau, Shawlin, De Leve, Dj Castro.

Em 2007 se destacou o grupo Cone Crew Diretoria com uma forte ideologia, grupo que ainda existe atualmente.

Por volta de 2009, uma cena paulista surgiu pra renovar o Rap no país, agora as letras já não eram só de crimes e situações precária nas favelas, mas ainda assim, mantendo a consciência social e um estilo underground, fizeram uma grande revolução e valorização da cultura.

Nomes como Emicida, Rashid, Projota, Criolo se destacaram e ainda se destacam na atualidade.

Com uma ideia industrial, Emicida lançou sua empresa “Laboratório Fantasma” que hoje com loja física e virtual faz a venda de seus produtos, como também do Rashid Foco na Missão, VVAR  de Marechal dentre outros.

Deixe um comentário

Por favor, digite seu comentário.
Por favor, digite seu nome