Conselho do Meio Ambiente elege representantes dia 16 para o biênio 2017/2019

 Comissão eleitoral é responsável pela organização e regulamento do pleito

Depois de não conseguir despertar o interesse de entidades e representantes da sociedade civil a fim de compor o Conselho Municipal do Meio Ambiente – CMMA, o prefeito Orestes Previtale (PMDB) determinou a realização da eleição dos seus membros, que terão pela frente a responsabilidade de decidir sobre o futuro da Fonte Sônia, alvo de um projeto de loteamento de 1250 unidades de terreno.

-publicidade-

A eleição para a nova composição do CMMA acontecerá no dia 16, a partir das 18 horas, na Casa dos Conselhos. Serão eleitos oito representantes da sociedade civil, além dos suplentes, para o biênio 2017/2019. O decreto com a nova diretoria eleita, após prazo recursal, está previsto para dia 26.

Inicialmente, o pleito estava marcado para dia 9. Porém, em função da falta de inscrições suficientes para a continuidade do procedimento eleitoral do CMMA, a eleição foi transferida para dia 16, por decreto publicado na edição nº 1559 da Imprensa Oficial e no site da Prefeitura (www.valinhos.sp.gov.br).

A organização da eleição está sob a responsabilidade da comissão eleitoral, assim como o regulamento eleitoral.

Caberá a cada entidade indicar apenas um membro titular e um suplente para concorrer a uma das vagas. Serão eleitos oito representantes, sendo duas entidades de defesa do meio ambiente, quatro associações de bairro, duas entidades autárquicas representativas de classes profissionais e/ou entidades de classe.

 Eleição – O procedimento eleitoral segue em obediência à celebração do Compromisso de Ajustamento de Conduta entre o município e o Ministério Público do Estado de São Paulo, que versa sobre a composição do CMMA.

Deixe um comentário

Por favor, digite seu comentário.
Por favor, digite seu nome