Segundo a Prefeitura, atraso é decorrente de procedimentos licitatórios

A Prefeitura de Valinhos informou que o fornecimento de medicamentos nas farmácias das Unidades Básicas de Saúde começa a ser regularizado a partir da semana que vem. As empresas vencedoras do processo licitatório estão iniciando a entrega dos primeiros lotes no valor de R$ 700 mil.

“A falta de medicamentos nas nossas farmácias era uma das nossas grandes preocupações. Logo que assumimos a Prefeitura, determinamos prioridade na realização do processo licitatório para regularizar o quanto antes possível, e dentro da legalidade, a compra e distribuição de medicamentos para toda a rede”, afirmou o prefeito Orestes Previtale.

O processo licitatório para a compra de 250 itens de medicamentos no valor de R$ 6,2 milhões foi iniciado em fevereiro e encerrado no início de maio. Finalizada essa etapa, foram necessários outros procedimentos legais, que também contribuíram para a lentidão no processo, como prazo para as empresas entrarem com recurso, apresentarem amostras, entre outros, afirmou o secretário da Saúde, Nilton Sergio Tordin.

-publicidade-

Segundo o secretário, a aquisição do total de lotes de medicamentos deverá regularizar até o final do ano a falta registrada na Rede Pública de Saúde desde o segundo semestre do ano passado.

O problema ocorreu em função de o governo anterior ter reduzido em 50% a última compra, ocorrida em abril. Apesar de o prazo da Ata de Registro ter validade para 12 meses, a quantidade adquirida, no valor de R$ 3,5 milhões, era suficiente para atender apenas seis meses.

Fonte: PMV




Deixe um comentário

Por favor, digite seu comentário.
Por favor, digite seu nome