Buracos e asfalto deteriorado são uma das principais reclamações da população 

Após uma série de reclamações que partiram da população valinhense, a Prefeitura de Valinhos, enfim, começou o trabalho de tapar os buracos das vias da cidade. Em conversa com a assessoria da prefeitura, o portal Pé de Figo foi informado de que já foi aberta uma licitação para a realização da operação “Tapa Buraco”, que está programada para se iniciar nos próximos dias, assim como está sendo traçado um cronograma para o serviço de recapeamento de sete regiões de Valinhos.

Por meses, condutores estão sendo castigados pelo excesso de buracos localizados em diferentes vias da cidade. Nas avenidas com alta circulação, como Av. dos Esportes, Av. Dom Nery e Av. Onze de Agosto, pode ser encontrada uma grande quantidade de buracos espalhados; a situação nas ruas do centro, como R. José Ezequiel da Silva e R. Natalino Spiandoreli, bem como a tradicional Rua Itália também  não é diferente. A Rua Luis Spiandorelli Neto (atrás do Shopping) também tem sido alvo de reclamações por quem dirige por esta região.

Um dos casos mais graves, a Rua João Bissoto Filho, nas proximidades do posto de gasolina, precisou ter os buracos tapados de maneira urgente. Até ontem (4), carros precisavam desviar para a pista ao lado, na contramão, para evitar passar por cima de um buraco cuja largura era próxima do tamanho da extensão da via. Graças a uma doação de 10 toneladas de massa feita pela empresa Asfalto Único, os grandes buracos da via foram tapados. Com o restante da massa, outros buracos pela cidade foram cobertos, como por exemplo, os que estavam localizados na Rua Orozimbo Maia.

Ainda com relação à Rua João Bissoto Filho, a assessoria da Prefeitura de Valinhos afirmou que a via passará não apenas por um processo de tapa buracos, mas também será recapeada por completo.

Um processo de licitação para a execução do serviço de tapas buracos pela cidade já foi finalizado e a operação poderá ser iniciada dentro de alguns dias.

Recapeamento

A Prefeitura ainda informou que, por meio de um projeto da Secretária de Obras e Serviços Públicos, está previsto um plano de recuperação dos asfaltos das vias de 13 áreas da cidade – dividas em dois momentos, sendo a primeira parte a recuperação do asfalto de sete regiões. O projeto custará por volta de R$ 3,6 milhões e pretende-se atingir 88 km².

Iniciado no último mês, o primeiro local que foi alvo da recuperação foi a Avenida dos Estados, no bairro da Vila Santana. As demais regiões desta primeira etapa incluem: Avenida João Antunes e Rua José Guiardello (Bairro Jardim Pinheiros); Rua Orozimbo Maia, Avenida Brasil, e parte da Avenida dos Estados; Rua Francisco Glicério; Rua Vital Brasil e trecho da Avenida Onze de Agosto; Rua Paiquerê; Rua Luiz Carlos Brunello; Rua Beltrami e alça de acesso da Rua Geraldo Gasperi.

Os locais da segunda etapa, que incluem seis pontos, não foram divulgados.

 

Deixe um comentário

Por favor, digite seu comentário.
Por favor, digite seu nome