Queremos saúde e educação, e também arte, cultura e festa na Praça Washington Luiz

0
Festa do Folclore na praça Washington Luiz. Valinhos, SP, 1997. Foto de Haroldo Pazinatto

Nestes tempos em que a intolerância está à flor da pele, é preciso esclarecer que todas as atrações programadas serão protagonizadas por voluntários

Numa iniciativa do Pé de Figo, com o imediato apoio da Prefeitura Municipal, através da Secretaria de Cultura e Turismo, Valinhos reverencia no próximo fim de semana, dias 24, 25 e 26, a Praça Washington Luiz, na comemoração do seu cinquentenário.

O evento tem ainda o apoio da Associação de Preservação Histórica de Valinhos, da Rádio Valinhos FM, da VV8 TV, da Associação de Preservação Histórica de Valinhos, do Fotoclube Valinhos, da Associação das Bandas Jovens de Valinhos, da Estação das Artes, da Orquestra Filarmônica de Valinhos, da Feira de Artesanato do Largo São Sebastião e do Coletivo da Capoeira de Valinhos.

-publicidade-

O logotipo comemorativo dos 50 Anos é de autoria do artista plástico Alexandre Filiage.

Nestes tempos em que a intolerância está à flor da pele, é preciso esclarecer que todas as atrações programadas serão protagonizadas por voluntários e, mesmo  a estrutura da organização conta apenas com a utilização do trabalho dos servidores municipais, não havendo destinação de verba pública para a sua realização.´

É perfeitamente compreensível a reclamação da população diante dos problemas da falta de remédios, deficiências no atendimento à saúde e na qualidade do ensino, calamidade nas vias públicas com os buracos no asfalto, insegurança generalizada e falta de oportunidades de empregos.

Queremos sim saúde, educação, transporte e segurança e tudo com qualidade, mas também desejamos ter arte, cultura, esporte e lazer, tudo isso e muito mais, pois merecemos viver numa feliz cidade.

A convocação de todos os valinhenses para comemorar os 50 anos da Praça Washington Luiz, com um fantástico abraço em torno dela, visa  registrar  que viver numa cidade não basta ser um amontoado de pessoas  na rotina maluca dos seus afazeres, antes haveremos de ter consciência de que depende de cada um de nós a construção de um convívio harmonioso, com absoluto respeito às nossas múltiplas diferenças.

Saudar a história da Praça Washington Luiz, reivindicar a sua completa manutenção e revitalização, respeitar e restaurar as suas características originais e promover o encontro dos cidadãos e cidadãs em atividades públicas é ir de encontro ao que queremos ser como coletividade e fazer uma declaração de amor ao lugar onde vivemos.

Por isso, no próximo fim de semana temos um compromisso com a ocupação da Praça, para abraçar a nossa história, e dar um aperto de mão aos nossos irmãos valinhenses.

 




Deixe um comentário

Por favor, digite seu comentário.
Por favor, digite seu nome