Santa Casa de Valinhos faz parceria para ser Hospital de Ensino

0

Prefeitura de Valinhos, Santa Casa e a Faculdade São Leopoldo Mandic fecham acordo para transformar instituição em Hospital de Ensino

A Prefeitura de Valinhos, a Santa Casa e a São Leopoldo Mandic fecharam uma parceria para certificar o hospital como escola. Com o acordo, a Santa Casa vai melhorar a qualidade do atendimento, sua estrutura, além de produzir conhecimento e pesquisas. A certificação também permite a ampliação de repasse de recursos. A Santa Casa poderá obter 50% a mais de remuneração nos atendimentos via Sistema Único de Saúde (SUS), o que ajuda a desafogar a rede do município e permite a formação de profissionais médicos com mais qualidade.

Os hospitais de ensino têm hoje um papel fundamental no Sistema Único de Saúde (SUS). Produzem conhecimentos, tecnologia, ampliam recursos humanos e são referência em procedimentos de alta complexidade. Entre os hospitais da Região Metropolitana de Campinas (RMC) que possuem essa certificação, estão o Hospital de Clínicas da Unicamp, de Sumaré e Hospital Dr. Mário Gatti. O processo para o Hospital Ouro Verde obter o documento também está em andamento.

“Nós teremos um hospital que vai capacitar médicos e contribuir para o aperfeiçoamento em diversas áreas. Isso significa também mais qualidade” (Orestes Previtale)

A certificação de Hospital de Ensino é dada pelos ministérios da Saúde e da Educação. Com o acordo, o grupo fará agora o pedido ao Ministério da Educação, que deve visitar a unidade antes de emitir o documento. A Santa Casa de Valinhos preenche diversos requisitos para operar neste sistema e fará outros investimentos, como ampliação do centro cirúrgico, processo de informatização e reforma da Unidade de Tratamento Intensivo (UTI).

O grupo também está em busca desses recursos via emenda parlamentar. “Nós já temos diversos investimentos em andamento. Queremos também obter outras verbas via emendas e financiamentos. A certificação é muito importante para a estrutura do hospital e para a população”, disse o superintendente da Santa Casa, Edson Manzano.

Para o prefeito de Valinhos, Orestes Previtale, a nova parceria é mais um passo da série de ações adotadas na Saúde da cidade. “Nós teremos um hospital que vai capacitar médicos e contribuir para o aperfeiçoamento em diversas áreas. Isso significa também mais qualidade”, disse.

A Faculdade São Leopoldo Mandic, considerada a melhor do País na área da saúde pelo IGC (MEC), participa atualmente do processo de certificação de alguns hospitais da RMC. Para o coordenador do curso de Medicina da instituição, Guilherme de Menezes Succi, o Hospital de Ensino é fundamental para a formação e qualificação dos médicos.

Por outro lado, a ampliação de repasse de recursos melhora a prestação de serviços e amplia a atuação em casos de alta complexidade. “No hospital de ensino, o aluno acompanha todo o atendimento. Isso é feito com supervisão. Para a população, o benefício é ter o serviço prestado com melhor qualidade e mais recursos para diversos tratamentos”, disse.

A estimativa é que 200 estudantes possam fazer o internato na Santa Casa, o que não ocorre de forma simultânea. Cada grupo deverá contar no máximo com 40 estudantes.

Para se formar como médico, o aluno passa por quatro anos de graduação e dois em internato, além da residência. Tudo é feito sob supervisão de médicos especialistas.

Fonte: PMV

 




Deixe um comentário

Por favor, digite seu comentário.
Por favor, digite seu nome