Suspeito de fraudar perícias médicas em Valinhos é detido pela Polícia Federal

0
Foto: Dominiquie Torquato

Operação Hipócrates investiga esquema de corrupção de médicos peritos judiciais em 20 cidades

A Polícia Federal realizou nesta segunda-feira (11) a detenção de um suspeito de Valinhos na quadrilha de fraudes em  perícias médicas para beneficiar grandes empresas em ações trabalhistas no estado de São Paulo.

O suspeito foi levado à sede da Polícia Federal em Campinas onde prestou esclarecimentos.

O esquema de corrupção de médicos peritos judiciais funciona pelo menos desde 2010 e foi detectado tanto em processos que tramitam nas varas do Tribunal Regional do Trabalho da 15ª Região, sediado em Campinas, como no da 2ª Região, localizado em São Paulo, e que têm atribuição territorial sobre todo o Estado de São Paulo.

As ações atingem 20 cidades: Americana, Guarulhos, São Paulo, Campinas, Indaiatuba, Jaguariúna, Barueri, Piracicaba, São Bernardo do Campo, Jundiaí, Sumaré, Limeira, Casa Branca, Valinhos, Paulínia, São Roque, Bragança Paulista, Itu, Sorocaba e São Caetano do Sul. Dez procuradores, de Campinas e outras cidades do Estado, participam das diligências, observando o cumprimento dos mandados pela PF, bem como acompanhando os
depoimentos dos investigados que tiveram a condução coercitiva decretada pela Justiça.

Nome. O nome da operação faz alusões ao juramento de Hipócrates, feito por todos os médicos ao se formarem no qual prometem exercer a medicina honestamente e não causar mal a outrem, e também ao comportamento de muitos dos investigados que, em grupos profissionais, se manifestavam contra a corrupção de agentes públicos e políticos, mas que cometiam atos de corrupção nas perícias médicas que realizavam.




Deixe um comentário

Por favor, digite seu comentário.
Por favor, digite seu nome