Valiprev decide anular concurso com resultado polêmico

Quase 5 meses após a suspensão do concurso, decisão definitiva pode abrir a possibilidade de novo processo para o preenchimento das vagas. CPI continua investigando o caso.

1

Foi publicado no Boletim Oficial de ontem (16) uma Portaria da Presidência do Valiprev, Instituto de Previdência Social dos Servidores Municipais de Valinhos, anulando o Concurso Público nº 1/2017, acatando a deliberação do Conselho de Administração da autarquia que já havia sido publicada no mês anterior. A portaria não traz, no entanto, informações sobre como ficará a situação das pessoas que pagaram as taxas para a participação no concurso.

O Concurso público em questão foi realizado no dia 03 de dezembro de 2017, e contou com quase 3 mil inscritos para a contratação de servidores para 8 vagas abertas na autarquia municipal. Nos últimos dias de 2017, após a divulgação do resultado, uma denúncia divulgada nas redes sociais apontavam que dois familiares do ex-vereador Juninho Andrade poderiam ter sido beneficiados no concurso, figurando em primeiro lugar na classificação para dois cargos distintos. Juninho Andrade pertence ao PSD, mesmo partido do então Presidente do Valiprev, Wilson Ventura.

Após as denúncias, e seguindo orientações do Conselho Fiscal da Valiprev, Wilson Ventura decidiu, no dia 28 de dezembro, suspender o concurso. Apenas alguns dias depois da suspensão, o Prefeito Orestes Previtale (PSB) instituiu novos Conselhos Fiscal e Administrativo para a Autarquia. Após pressão de vereadores, que abriram uma CPI para investigar as acusações, em fevereiro deste ano, Orestes exonerou Ventura da Presidência da Valiprev, assumindo em seu lugar William Evaristo de Oliveira.

-publicidade-

No próximo dia 21 de junho, a CPI, presidida pelo vereador Alécio Cau (PDT), deve ouvir os membros dos Conselhos Fiscal e Administrativo, dando andamento nas investigações sobre a possível fraude no concurso.

Leia mais:

Escândalo do Valiprev: população de Valinhos aguarda uma resposta definitiva

Valiprev: vereadores pedem cancelamento do concurso e abertura de CPI

1 Comentário

  1. Incrível como tornam a solução tão fácil e agradável não é? Acham que o simples cancelamento do concurso esclarece e devolve a credibilidade à instituição? Ah, não! Trocaram o presidente e conselho fiscal também? Enfim, parece justo com as pessoas que concorreram para os cargos que tiveram como primeiro colocados os “parentes de um tal vereador”. Ok, e no caso das pessoas que se preparara com afinco, concorreram para os outros cargos, tiveram a 1ª colocação (e nem sequer moram perto de Valinhos ou tem parente que mora na cidade…) e estavam aguardando a nomeação? Parece justo? E que legal, nem sabem como ficará a situação dessas pessoas que pagaram a taxa de inscrição!

Deixe um comentário

Por favor, digite seu comentário.
Por favor, digite seu nome