Vereadores aprovam em primeira discussão a “privatização” do cemitério

0

O texto ainda precisa passar por uma segunda discussão na próxima sessão.

Após ampla discussão, o projeto de lei do Poder Executivo que autoriza a concessão da administração do cemitério São João Batista à iniciativa privada por até 30 anos foi aprovado em primeira discussão, nesta 3a feira (20),  com 12 votos favoráveis e 4 contrários.

Vereadores contrários pediram mais tempo para analisar e discutir o texto, já os favoráveis destacaram a importância do projeto para levar melhorias ao cemitério.

O texto ainda precisa passar por uma segunda discussão na próxima sessão.

Veja como votaram os vereadores nesta primeira discussão:

A favor: Aldemar Veiga, Alécio Cau, Mônica Morandi, Roberson Salame, Henrique Conti, César Rocha, Dalva Berto, Edson Secafim, Rodrigo Tolói, Kiko Beloni, Giba, Luiz Mayr.

Contra: André Amaral, Rodrigo Popó, Mauro Penido e Franklin.

Em 2015, Orestes era vereador e votou contra a mesma proposta

A mesma proposta de “privatizar” o cemitério foi apresentada pelo ex-prefeito Clayton Machado (PSDB) em dezembro de 2014.

A matéria foi discutida no ano de 2015 e o então vereador, Orestes Previtale, votou contra a proposta que precisava obter a aprovação de dois terços dos vereadores.

Orestes Previtale era o presidente da Comissão de Obras e Serviços Públicos e deixou, inclusive, de assinar o parecer emitido pela comissão quanto ao mérito da propositura

Assine o abaixo assinado: Prefeito Municipal de Valinhos, Orestes Previtale Júnior, Mais Taxas, Nem Morto!

Leia também:
Orestes quer privatizar o cemitério depois de votar contra em 2015
Pé de Figo debate: a “privatização” do cemitério
Mais Taxas, Nem Morto: movimento questiona “privatização” do cemitério

Deixe um comentário

Por favor, digite seu comentário.
Por favor, digite seu nome