O vereador Alécio Cau (PDT). Foto: CMV

Alécio Cau é o autor da lei aprovada por unanimidade dos vereadores, que cria o “Bolsa Live” para auxiliar artistas que tiveram a renda comprometida por conta da pandemia de Covid-19.

A Câmara aprovou, na terça-feira (7), moção do vereador Alécio Cau (PDT) solicitando que a prefeitura ofereça auxílio aos trabalhadores da cultura através de edital ou ferramenta parecida. Os recursos viriam do Fundo Municipal de Desenvolvimento Cultural.

No documento, destinado ao prefeito Orestes Previtale (DEM), Alécio também pede um estudo de viabilidade da proposta. O parlamentar se diz temeroso de que Valinhos não se enquadre nas exigências para lei federal Aldir Blanc, que permite pagar auxílio emergencial a artistas, produtores e técnicos.

A Câmara deve votar a moção nas próximas semanas.

Bolsa Live

Alécio Cau é o autor da lei aprovada no mês de maio, que cria o “Bolsa Live” para auxiliar artistas que tiveram a renda comprometida por conta da pandemia de Covid-19. A proposta foi aprovada por unanimidade dos vereadores e encaminhada para sanção do Prefeito Orestes Previtale (DEM).

De acordo com o vereador, “a bolsa é destinada a artistas residentes e que trabalham em Valinhos. A proposta é que eles sejam remunerados por “lives”, que são transmissões ao vivo feitas via redes sociais, que, nesse caso, seriam compartilhadas nas páginas oficiais da Prefeitura e de seus parceiros.”

Fonte: CMV

Deixe um comentário

Por favor, digite seu comentário.
Por favor, digite seu nome