𝗘𝗺 𝘃𝗶́𝗱𝗲𝗼 𝘃𝗮𝘇𝗮𝗱𝗼, 𝗼 𝗱𝗲𝗽𝘂𝘁𝗮𝗱𝗼 𝗮𝗳𝗶𝗿𝗺𝗮 𝗾𝘂𝗲 𝗮𝘀 “𝗺𝘂𝗹𝗵𝗲𝗿𝗲𝘀 𝘂𝗰𝗿𝗮𝗻𝗶𝗮𝗻𝗮𝘀 𝘀𝗮̃𝗼 𝗳𝗮́𝗰𝗲𝗶𝘀 𝗽𝗼𝗿𝗾𝘂𝗲 𝘀𝗮̃𝗼 𝗽𝗼𝗯𝗿𝗲𝘀”.

O deputado estadual Arthur do Val (Podemos-SP) anunciou na tarde deste sábado (5) que não é mais pré-candidato ao governo de São Paulo.

A decisão acontece após a ampla repercussão negativa quanto ao conteúdo de sua fala num áudio vazado em que o deputado foi flagrado fazendo afirmações machistas, misóginas e sexistas contra as mulheres ucranianas.

Nos áudios, ele fala que as refugiadas ucranianas “são fáceis porque são pobres”.Mais cedo o deputado, conhecido como “Mamãe Falei”, tentou justificar as suas declarações: “Foi errado o que eu falei, não é isso que eu penso. O que eu falei foi um erro, em um momento de empolgação”.

A Representação Central Ucraniana-Brasileira pediu ao presidente da Assembleia Legislativa de São Paulo a cassação do mandato do deputado.

𝗣𝗼𝗹𝗶́𝘁𝗶𝗰𝗼𝘀 𝗱𝗲 𝗩𝗮𝗹𝗶𝗻𝗵𝗼𝘀 𝘁𝗮𝗺𝗯𝗲́𝗺 𝗿𝗲𝗽𝘂𝗱𝗶𝗮𝗺

Em Valinhos, onde o deputado obteve 2110 votos nas eleições de 2018, sua fala também foi rechaçada com veemência por algumas personalidades.

A ex-vice-prefeita, Lais Helena (PSB), expressou indignação nas suas redes sociais: “Deu-me asco a falta de respeito. Faltam-me palavras para classificar tal ser”.

“Revoltante! Nojento! Inacreditável! Faltam palavras para descrever como me sinto ao ouvir o áudio do Deputado Estadual Arthur do Val”, disse o Presidente da Câmara Municipal, Franklin Duarte (PSDB).

Para o Presidente do PDT de Valinhos, Alexandre Tonetti, a afirmação do deputado foi “Lamentável! Completamente inadmissível o que esse moleque, sem caráter, misógino, machista e sexista disse. Minha solidariedade a todas as mulheres, em especial às ucranianas”.

Procuramos o vereador Gabriel Bueno (MDB), principal liderança local do MBL, mesmo agrupamento político do “Mamãe Falei”, para saber sua opinião, porém não obtivemos resposta até o momento desta publicação.

Deixe um comentário

Por favor, digite seu comentário.
Por favor, digite seu nome