A campanha de vacinação contra a gripe foi prorrogada até o dia 15 de junho para os grupos prioritários. A partir do dia de 18 junho, dois novos grupos serão contemplados com a vacina, de pessoas de 50 a 59 anos e crianças de 5 a 9 anos.

A diretora da Divisão de Vigilância Epidemiológica de Valinhos,  Claudia Maria dos Santos, ressalta a importância dos grupos prioritários comparecerem aos postos de saúde para tomar a dose. “A vacina está disponível em todas as unidades básicas até o dia 15, de acordo com os horários de vacinação de cada unidade. Após o dia 18, o Estado abrirá para novas populações prioritárias”, explicou.

De acordo com a diretora, a procura pela vacina contra a gripe está abaixo da cobertura recomendada pelo Ministério da Saúde (MS). “A meta do Ministério da Sáude é 90% de cobertura vacinal e nós estamos com 59%. Ainda falta 30% para atingirmos a cobertura ideal. Então é muito importante que os grupos com prioridade procurem se vacinar”, disse.

A campanha de vacinação começou em 23 de abril nas Unidades Básicas de Saúde (UBS). A unidade do bairro Reforma Agrária está fechada para reformas. Para se vacinar, é preciso apresentar a carteira de vacinação ou documento de identidade.

Portadores de doenças devem apresentar carta de recomendação médica ou receita que prescreva medicamento de uso contínuo. Esses grupos são mais vulneráveis aos efeitos da gripe e sofrem mais com seus sintomas e desdobramentos. Além disso, parte desse pessoal possui contato diário com outras pessoas infectadas, o que aumenta o risco de transmissão.

O Ministério da Saúde recomenda a vacinação para:

– Pessoas com 60 anos ou mais
– Crianças de 6 meses a 4 anos, 11 meses e 29 dias
– Gestantes
– Mulheres que deram à luz nos últimos 45 dias
– Profissionais da saúde
– População indígena
– Professores da rede pública e particular
– Portadores de doenças crônicas, como diabetes, asma e artrite
– Indivíduos imunossuprimidos, como pacientes com câncer que fazem quimioterapia e radioterapia
– Portadores de trissomias, como as síndromes de Down e de Klinefelter
– Pessoas privadas de liberdade
– Adolescentes internados em instituições socioeducativas, como a Fundação Casa

 

SAIBA ONDE SE VACINAR

Endereços e telefones das UBSs:
UBS Jardim Imperial: Rua Campinas, 633. Telefone: 3871-3131
UBS do Bom Retiro: Estrada dos Ortizes, 16. Telefone: 3871-5364
UBS Maracanã: Rua Pedro de Lucca, 285. Telefone: 3869-3377
UBS Macuco (Reforma Agrária): Rua Valdemar Lazaretti, s/nº. Telefone: 3881-2336
UBS Central: Rua Silvio Concon, 78. Telefone: 3829-4278
UBS São Marcos: Rua Três, s/nº. Telefone: 3869-2002
UBS Jurema: Rua José Salles Pupo, 71. Telefone: 3869-3222
UBS São Bento: Rua Itajaí, 70. Telefone: 3869-9443
UBS Parque Portugal: R. Abrantes, 550. Telefone: 3849-3634
UBS da Vila Santana: Avenida Brasil, 144. Telefone: 3829-5686
UBS do Jardim Pinheiros: Rua Horácio de Sales Cunha, 258. Telefone: 3871-2218
UBS Paraíso: Ruas das Acácias, s/n º. Telefone: 3869-3877/3829-6040

Fonte: PMV

Deixe um comentário

Por favor, digite seu comentário.
Por favor, digite seu nome