-publicidade-

Período para se inscrever vai até o dia 19. O Enem é um caminho para as universidades

As inscrições para a prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2017 se iniciaram nesta segunda-feira (8). Os interessados em prestar a prova terão até às 23h59 do dia 19 de maio (sexta-feira) para fazer as inscrições, e até dia 24 de maio para fazer o pagamento do boleto – a taxa este ano subiu para R$ 82,00. As inscrições podem ser feitas a partir deste endereço: www.enem.inep.gov.br/participante.

Ao entrar no site indicado, o candidato dará inicio ao processo de inscrição preenchendo os dados do CPF e da Data de Nascimento. Em casos de necessidade de atendimento especializado (para aqueles que possuem alguma deficiência, baixa visão, problema de audição, déficit de atenção), o candidato precisará comprovar a situação a partir do anexo do laudo médico digitalizado e indicar código do CID (Classificação Internacional de Doenças) correspondente ao diagnóstico da doença. Quem conseguir a aprovação nesta modalidade terá uma hora extra de prova.

Os estudantes também poderão pedir pelo atendimento específico, caso sejam gestantes, lactantes, idosos ou alunos em situação hospitalar. Neste ano, uma das novidades é o atendimento específico para pessoas com doenças como diabetes, na qual o paciente possivelmente precisará utilizar bomba de insulina durante a prova. O candidato também precisa comprovar a situação ao qual se encontra e não há uma hora extra para esta modalidade.

Os candidatos também precisarão escolher entre inglês e espanhol para a prova de línguas, bem como a cidade onde deseja realizar a prova.

Isenção de pagamento

A taxa de inscrição este ano teve um aumento de aproximadamente 20%, subindo de R$ 68,00 para R$ 82,00. Poderão ficar isentos do pagamento: os estudantes que concluirão o Ensino Médio em 2017 na rede pública de ensino; membros de família de baixa renda inscritas no CadÚnico por estar situação de vulnerabilidade socioeconômica; e membros que convivem em uma família, cuja renda familiar per capita menor ou igual a 1,5 salário mínimo e que fizeram o Ensino Médio na rede pública ou que cursaram o ensino privado por meio de bolsa.

Novidades no Enem 2017

Além do aumento do preço, uma das principais novidades no Enem deste ano é a divisão da prova em dois domingos, e não como nas edições passadas, quando o teste era feito no mesmo final de semana (entre sábado e domingo).

Enem

Criado em 1998, o Exame nacional do Ensino Médio (Enem) é uma prova feita pelo Ministério ­­­da Educação e Cultura (MEC), que avalia as capacidades dos estudantes de Ensino Médio de escolas do setor privado e pública no Brasil. A partir do desempenho obtido na prova do Enem, o estudante poderá concorrer a uma vaga em uma Universidade Federal ou conseguir descontos em instituições privados do ensino superior.

Deixe um comentário

Por favor, digite seu comentário.
Por favor, digite seu nome