A abertura da 70ª Festa do Figo, ocorrida neste sábado (19), no Parque Municipal Monsenhor Bruno Nardini, foi marcada pelo embate político entre o governo do  Prefeito Orestes Previtale (PSB) e um grupo de manifestantes que protestavam contra o aumento do IPTU.

Nem a importância da marca de 70 anos do mais tradicional evento turístico da Capital do Figo Roxo foi suficiente para impedir as posturas extremistas de um lado e de outro. Tampouco a estreia da Orquestra Jazz Sinfônica de Valinhos num evento de grande envergadura pôde conter os ânimos na manhã ensolarada de um sábado.

Vereador Mauro Penido (PPS) à frente do protesto na abertura da Festa do Figo

“Cara-de-pau”, “vendidos”, “cadê a administração redondinha”, gritavam os manifestantes

Convocados pelas redes sociais e munidos de apitos, cartazes e camisetas, um grupo de cerca de 50 pessoas compareceu ao ato de protesto contra o “aumento abusivo” do IPTU para o ano de 2019.

Postados inicialmente no portão da entrada principal do recinto da Festa do Figo, os manifestantes acompanharam a entrada do Prefeito Orestes no local, seguidos de perto pelo efetivo da Guarda Municipal, vaiando e gritando “cara-de-pau”, “vendidos”, “cadê a administração redondinha?”.

O vereador Mauro Penido (PPS), um dos integrantes do grupo de manifestantes, foi perguntado pela nossa reportagem se ele achava adequado o protesto na abertura da Festa do Figo, ao que respondeu: “o protesto é um direito e não é contra a Festa do Figo, e não só contra o IPTU, o protesto é contra o Prefeito”.

“Bando de baderneiros, derrotados nas urnas em 2016”, revidou o prefeito

Se não faltaram vaias às autoridades que compuseram o palco da cerimônia, por outro lado, os apoiadores do prefeito aplaudiram com entusiasmo quando este respondeu aos manifestantes chamando-os de “baderneiros, derrotados nas urnas de 2016”.

Ao ser indagado pela reportagem do Pé de Figo se ele se referia ao vereador Mauro Penido, o Prefeito Orestes respondeu: “ele está lá no meio, não está?”.

Mauro Penido, um dos  que fazem oposição sistemática na Câmara, já foi vice-prefeito, presidente do legislativo e exerce o seu quinto mandato como vereador, apoiou a reeleição do ex-prefeito Clayton Machado (PSDB), em cuja administração exerceu cargo comissionado.

Autoridades presentes também entraram no clima

Prefeito Orestes aplaude o discurso da Presidente da Câmara, Dalva Berto (MDB).

Diante de um público reduzido, se comparado ao dos anos anteriores, não foi só o prefeito quem confrontou as vaias. Antes dele, a Presidenta da Câmara, Dalva Berto (MDB), subiu o tom para exigir respeito para com aqueles que, segundo ela, “trabalham para o desenvolvimento da cidade, sem interesse próprio, mas pensando nos 127 mil habitantes valinhenses”.

A vice-prefeita Lais Helena (PSB) também teceu elogios ao governo Orestes e concluiu “tenho orgulho de estar ao teu lado, prefeito, pois sei da seriedade dos teus propósitos”.

Nenhuma autoridade dos governos do estado ou do federal compareceu. E a solenidade contou com a participação dos Prefeitos de Vinhedo, Jaime Cruz (PSDB) e o de Louveira, Nicolau Finamore (PTB), além dos vice-prefeitos de Campinas, Magalhães Teixeira (PSDB) e o vice de Indaiatuba,  Julio Tomaz do Couto (MDB).

Homenagem aos agricultores

A cerimônia de abertura da 70ª Festa do Figo e 25ª Expogoiaba foi encerrada com a entrega de certificados em homenagem a algumas das mais importantes famílias de agricultores e a apresentação de músicas do valinhense Adoniram Barbosa, executadas pela Orquestra Jazz Sinfônica de Valinhos.

1 Comentário

Deixe um comentário

Por favor, digite seu comentário.
Por favor, digite seu nome