Melhorias com o investimento de R$ 224.231,00 podem atrair novas empresas

 O Departamento de Águas e Esgotos de Valinhos (DAEV) finaliza mais uma obra, desta vez é a construção da rede de esgotos na região do Joapiranga.

 O interceptor de esgoto executado por método não destrutivo, passou por debaixo da Rodovia  Anhanguera, ligando a região do Joapiranga à Estação Elevatória do bairro Macuco. O interceptor é uma tubulação que coleta e transporta o esgoto sanitário.

Com a obra, duas estações elevatórias existentes nos condomínios Vale do Itamaracá e Village Visconde de Itamaracá I e II, que geram custos mensais de manutenção, serão desativadas. Além disso, as indústrias localizadas na região do Joapiranga poderão ligar o esgoto doméstico na rede pública.

“Finalmente, vamos poder incentivar as indústrias a se instalarem na cidade, melhorando a economia e a empregabilidade”, comenta Medeiros.

Para o presidente do DAEV, Pedro Inácio Medeiros, a obra não tem apenas o sentido sanitário, de saúde pública e tratamento de esgoto. Tem também o sentido de atrair novas empresas. “Finalmente, vamos poder incentivar as indústrias a se instalarem na cidade, melhorando a economia e a empregabilidade”, comenta Medeiros.

O meio ambiente também sai ganhando, pois as fossas que ainda existem nas residências e indústrias poderão ser desativadas.

“É uma obra esperada há 30 anos e que nós conseguimos entregar em 10 dias. É a administração trabalhando pela população valinhense”, disse o prefeito de Valinhos, Orestes Previtale.

INVESTIMENTO

A obra da travessia da Anhanguera foi realizada pela contratada INOVA Perfurações. A extensão da rede é de 131 metros. O diâmetro do tubo é DN 280mm em PAD (Polietileno de Alta Densidade), com tubo camisa (de proteção) de DN 400mm.  A obra custou ao DAEV R$ 224.231,00.

Fonte: Daev




Deixe um comentário

Por favor, digite seu comentário.
Por favor, digite seu nome