O prefeito de Valinhos, Orestes Previtale (PSB), se reuniu com pais e familiares das crianças atendidas pelo Centro Infantil Tia Nair na terça-feira (18) para explicar que todos os alunos da creche continuarão sendo atendidos normalmente pelo Instituto Esperança a partir de janeiro de 2019. Participaram do encontro a vice-prefeita, Laís Helena, o secretário municipal de Educação, Zeno Ruedell, representantes do Centro Tia Nair, do Instituto Esperança e da Federação das Entidades Assistenciais de Campinas (Feac).

A reunião foi marcada por emoção de pais, funcionários e diretoria do Centro Tia Nair, que vai deixar de funcionar depois de 37 anos de atividades. Os alunos passarão a ser atendidos, no mesmo local, pelo Instituto Esperança. Durante o evento, os pais emocionados solicitaram ao presidente do Instituto Esperança, Marcos Vedovato, que funcionários, professores e diretora da creche Tia Nair, Alexandra Gobato, sejam mantidos e entregaram um abaixo-assinado com a solicitação. Vedovato afirmou que cerca de 90% dos funcionários e professores serão mantidos.

A mãe Giovana Elisa da Silva agradeceu ao Instituto Esperança e foi um das que engrossaram o coro pela manutenção de professores e funcionários. “Eles têm um carinho realmente especial pelas crianças. São atenciosos, cuidadosos. Aqui somos uma família”, afirmou. Giovana lembrou que o filho, de 1,9 ano, e as crianças atendidas na creche precisam sobretudo de carinho, cuidado e proteção. “Tudo isso ele tem. Fico tranquila sabendo que ele está aqui.”

A mãe Vanessa Maximiano também agradeceu ao Instituto Esperança por atender os alunos do Centro Tia Nair e disse esperar que esse cuidado se mantenha com a atual equipe. Ela contou que a filha fez grandes progressos cognitivos após começar a frequentar a escola. “Ela entra na creche feliz e sai feliz. É uma educação baseada no respeito às crianças e aos pais. Todos são muito envolvidos e há uma troca grande de conhecimento entre alunos, pais e professores. É realmente uma creche especial e uma equipe especial.”

O pai Flávio Vieira de Carvalho elogiou a mobilização para Prefeitura, do Centro Tia Nair e do Instituto Esperança para que as crianças não ficassem desassistidas. “Sabemos que houve um grande esforço de todos os envolvidos, um trabalho conjunto muito importante para nós, pais. Esperamos que o Instituto Esperança continue realizando o trabalho que é feito aqui”, disse, e acrescentou: “Em time que está ganhando não se mexe”, referindo-se à equipe de profissionais.

O prefeito explicou que as questões administrativas cabem às instituições, mas apontou que o apelo dos pais deverá ser ouvido. “São as duas instituições mais antigas de Valinhos no atendimento às crianças. As duas são muito importantes para o município”, disse. Segundo Orestes, a Administração interferiu de forma positiva para que o atendimento às 80 crianças fosse mantido. “No poder público, trâmites são necessários, como licitação. Nesse caso, pudemos interferir positivamente para fazer acontecer essa continuidade porque o contrato com o Instituto Esperança nos permitia o aditamento”, explicou.

Orestes agradeceu às duas instituições pelo empenho em viabilizar a continuidade do atendimento e à Feac, pela parceria com o Centro Tia Nair ao longo de 37 anos. “Esperamos que tudo seja mantido, com a continuidade do atendimento de qualidade que as duas instituições sempre ofereceram. O cuidado com nossas crianças é uma missão especial que cada um de nós temos”, disse. Vedovato garantiu que o Instituto está de braços abertos para receber as 80 crianças. “Vamos dar continuidade ao atendimento prestado pelo Centro Tia Nair”, afirmou.

Zeno parabenizou as duas instituições pelo trabalho desenvolvido. “As duas instituições plantaram uma semente, fizeram história e continuam fazendo história. Temos certeza de que o atendimento do Tia Nair vai ter continuidade com o Instituto Esperança. O Instituto tem 60 anos, a Tia Nair tem 37 anos. Será um novo começo de sucesso”, disse. Laís lembrou que acompanhou a criação do Centro Tia Nair. “Eles fazem um trabalho invejável, entendemos que os pais estejam de coração apertado. Mas é um ciclo que se fecha com chave de ouro”, disse.

Laís ressaltou a preocupação do governo do prefeito Orestes com as crianças e o empenho para que o atendimento continuasse acontecendo. “Temos de nos preocupar com as crianças para obtermos grandes transformações”, alegou.

Fim das atividades

A diretoria do Centro Tia Nair decidiu encerrar as atividades no fim deste ano depois de ter sido informada de que não receberia mais assessoramento técnico e recursos da Feac. A Feac, que contribuía com parte da manutenção da creche, deixou de fazê-lo em dezembro deste ano e alegou que não pode continuar contribuindo porque a creche está em Valinhos e a Federação somente pode apoiar entidades instaladas em Campinas.

A Prefeitura se mobilizou para garantir a continuidade do atendimento das 80 crianças e promoveu um aditamento de contrato com o Instituto Esperança, que já atende 309 crianças em convênio com o município. Com a decisão da diretoria da Tia Nair, houve a necessidade buscar alternativa para que as crianças não ficassem desassistidas e uma conversa foi iniciada entre as duas entidades com apoio da Prefeitura. As duas instituições são conveniadas com a Secretaria de Educação de Valinhos.

Depois de adotados todos os procedimentos jurídicos necessários, o contrato de aditamento foi assinado. O Instituto Esperança atende 309 crianças em três unidades instaladas em Valinhos e passará a atender 389 crianças em quatro unidades, absorvendo os 80 alunos da Creche Tia Nair. De acordo com Zeno, as atividades deverão ser mantidas no mesmo local onde funciona hoje a Creche Tia Nair.

A Creche Tia Nair doou a estrutura e equipamentos para o Instituto Esperança. “Tudo foi registrado e regularizado para que o Instituto Esperança já possa atender as 80 crianças a partir de janeiro de 2019”, comentou o secretário. Segundo ele, o processo de transferência cabe às duas instituições. “A Prefeitura viabilizou a continuidade do atendimento às crianças com o aditamento do contrato. Todas as crianças da Tia Nair continuarão sendo atendidas normalmente”, disse. Zeno comentou que as matrículas já foram feitas.

Veja vídeo:

https://youtu.be/RfhBdALBNsk

Fonte: PMV

Deixe um comentário

Por favor, digite seu comentário.
Por favor, digite seu nome