A tragédia de Suzano, em que oito pessoas morreram em um ataque de dois ex-estudantes à escola estadual Raul Brasil, motivou alunos da Rede Municipal de Ensino de Valinhos a promoverem um apelo pela paz nas escolas.

Um happening (forma de expressão artística) foi a maneira encontrada pelos alunos do 9º ano da Escola Municipal de Educação Básica (EMEB) Orestes Quércia, no Jardim Paraíso, para refletir sobre o ocorrido.

No início das aulas, nesta sexta-feira (15) de manhã, estudantes promoveram uma roda na quadra da escola e, de mãos dadas, exibiram um cartaz pedindo paz. A tragédia em Suzano aconteceu na quarta-feira (13) e comoveu todo o País.

A iniciativa dos alunos de Valinhos, segundo o professor de Arte da EMEB, Nadir Vidal, partiu dos próprios adolescentes e contou com a participação de uma aluna com deficiência, reforçando entre eles a importância da inclusão e o respeito às diferenças. “Promover a cultura de paz nas escolas é hoje algo da maior importância”, defendeu o professor.

De acordo com Vidal, o movimento dos alunos reforça as diretrizes estabelecidas na Lei de Diretrizes e Bases (LDB) da Educação Nacional, que prevê ações destinadas à promoção de medidas de conscientização, prevenção e combate a todos os tipos de violência, especialmente o bullying.

Em 2018, a LDB incluiu em seu artigo 12 a promoção da cultura de paz nas Escolas.

Fonte: PMV

Deixe um comentário

Por favor, digite seu comentário.
Por favor, digite seu nome