Membros dos Conselhos Nacional e Estadual dos Direitos Humanos vistoriam atendimento à população de rua em Valinhos

A Secretaria de Assistência Social de Valinhos convocou para a próxima sexta-feira (04) a primeira reunião do Grupo de Trabalho do Plano Municipal Intersetorial para a População em Situação de Rua, que deverá discutir possibilidades de acolhimento e propor ações que diminuam o impacto social desta população, que vem sofrendo grande aumento na cidade.

O Grupo de Trabalho foi criado após a vistoria realizada na cidade pelos Conselhos Nacional e Estadual de Direitos Humanos, que aconteceu no início de março. Na ocasião, representantes dos dois Conselhos visitaram duas localidades do Centro de Valinhos onde existem concentração da população de rua, e encontraram 15 pessoas nestas condições.

A vistoria aconteceu após denúncias de aumento desta população, principalmente após o encerramento do convênio da Prefeitura com o Instituto Vida Renovada. Quinze dias após, a Prefeitura anunciou a criação do Centro Especializado de Abordagem Social (CEAS) na Vila Boa Esperança. Sua inauguração, porém, que havia sido agendada para o último dia 25, foi cancelada.

O Jornal de Valinhos noticiou na última sexta-feira (27) que os moradores da Vila Boa Esperança têm feito críticas à instalação da CEAS no local, e que um abaixo-assinado está sendo realizado para que o serviço não ocorra em seu bairro.

Leia também:

TV Pé de Figo – “População de rua é questão de todos nós” diz Secretária de Desenvolvimento Social

A necessária construção da Política Municipal de População de Rua em Valinhos

Deixe um comentário

Por favor, digite seu comentário.
Por favor, digite seu nome