Detido se passava por policial
-publicidade-

Final de semana tem prisão de jovens por porte de drogas, furto de bolsa e homem se passa por policial

No último final de semana (3 e 4, respectivamente), equipes da Guarda Civil Municipal (GCM) de Valinhos realizaram intenso trabalho ostensivo e preventivo pela cidade. Foram presos dois jovens, de 20 e 29 anos, por porte de drogas, no Bairro Recreio dos Cafezais no São Bento. Um casal também foi encaminhado à delegacia após furto de bolsa de uma bióloga de 35 anos, no terminal rodoviário. Após perseguição, um homem foi preso após se passar por policial às vítimas, no Jardim Pinheiros.

Identificado como Alan Roberto da Silva, 41 anos, no dia 3, no Bairro Jardim Pinheiros, por volta das 18h15, foi detido após se passar por policial às vítimas. “Tudo deu início quando o agente de escolta visivelmente transtornado e alcoolizado veio a jogar seu veículo Saveiro preta contra um outro veículo Santana vindo a danificar parcialmente e também quase atropelou duas crianças de sete e quatro anos”, explicou o subcomandante da GCM, Sidnei Aureliano Madeira.

-publicidade-

Ele foi encaminhado à delegacia e indiciado criminalmente por embriaguez ao volante,  seguido de ameaça e posse de duas munições de pistola 380. Os guardas civis aprenderam também um colete balístico e duas capas para coletes, e ainda um distintivo de investigador de polícia. O caso foi apresentado junto à Delegacia de Polícia de Valinhos, ficando à disposição da justiça.

Droga e furto – Por volta das 14h30 do domingo (4), os guardas civis se depararam com dois indivíduos, que carregavam maconha. Encaminhados à delegacia, os jovens – um de 20 anos e o outro de 29, ambos auxiliares de produção – foram indiciados criminalmente por porte de entorpecentes, ficando à disposição da justiça.

Componentes do policiamento preventivo da GCM de Valinhos, após acionados pelo telefone 153, detiveram um casal. Por volta das horas, também do domingo, o casal furtou a bolsa de uma bióloga de 35 anos no terminal rodoviário. Eles foram encaminhados à delegacia e indiciados por furto. A moça é uma balconista de 19 anos e ele um servente de 21 anos. Por não terem passagem criminal vão responder em liberdade, ficando à disposição da justiça.

 Fonte: PMV

Deixe um comentário

Por favor, digite seu comentário.
Por favor, digite seu nome