-publicidade-

Lucas faz parte de um dos corpos estáveis do Teatro Municipal de São Paulo, o “Balé da Cidade de São Paulo”

Lucas Axel da Silva, 24 anos, é natural de Valinhos e iniciou seus estudos na dança aos 8 anos de idade,  no Centro Cultural Vicente Musselli de Valinhos,  com a professora Marisley Marques, desde então passou a se dedicar totalmente a isso.

Com o apoio da Família, amigos e professores,  após ganhar uma bolsa para estudar na  renomada ”Escola do Teatro Bolshoi no Brasil”, sediada em Joinville SC, já aos seus 16 anos, viu que a coisa estava ficando mais séria , foi quando decidiu ir para o Sul se aprofundar e se dedicar mais à dança.

-publicidade-

Após se formar pela Escola Bolshoi, tornando-se um bailarino profissional, Lucas recebeu uma primeira proposta de emprego pelo diretor da Escola Bolshoi, Pavel Kazarian, para fazer parte da Cia Jovem Bolshoi Brasil, onde passou 1 ano e 6 meses atuando como bailarino e coreógrafo.

Gostaria de agradecer a Deus,a minha família e amigos, que sempre me deram força, apoio e ajuda financeira para iniciar minha carreira, e aos grandes Mestres, professores que me ensinaram e ensinam tanto ( Lucas Axel)

Inquieto como sempre, Lucas foi até São Paulo para fazer uma audição para entrar na “São Paulo Companhia de Dança” na qual foi aprovado e atuou por  3 anos.

Hoje Lucas faz parte de um dos corpos estáveis do Teatro Municipal de São Paulo, o “Balé da Cidade de São Paulo”, uma das melhores companhias do Brasil, onde exerce o cargo de bailarino há um  ano.

De Valinhos para a “Augsburg Ballet” na Alemanha

Agora  Lucas tem a oportunidade de levar o seu talento para o exterior, pois acaba de receber uma proposta de trabalho para integrar a “Augsburg Ballet” na Alemanha,  a partir do mês de agosto.

Segundo Lucas, o  Brasil tem passado por momentos delicados, em que a cultura, a arte e principalmente a dança não tem tanto valor, uma pena um país que comporte tantos talentos não ter suporte o suficiente, a ponto de artistas terem que buscar recursos fora do Brasil, conclui.

Deixe um comentário

Por favor, digite seu comentário.
Por favor, digite seu nome