Com temáticas distintas, a Casa de Vidro recebe três exposições simultâneas no próximo dia 13 de novembro, terça-feira, a partir das 19h, que mostram a pluralidade de técnicas e motivos: “O Cromo Gravado – Xilogravuras a cores”, de Marcio Santos; “Éramos 5 milhões”, de Danilo Roberto; e “Ferrovia, História e Companhia: 150 anos da fundação da Cia. Paulista de Estradas de Ferro”, organizada pelo pesquisador Marcel Pazinatto. O vernissage contará com show musical e praça de alimentação.

A mostra do pesquisador e fotógrafo valinhense Marcel Pazinatto é uma homenagem aos 150 anos de fundação da Companhia Paulista de Estradas de Ferro, que ocorreu em 30 de janeiro de 1868.

A exposição possui 33 fotografias tiradas nas cidades de Valinhos, Louveira e Campinas entre 2013 e 2016, e tem como objetivo conscientizar a população sobre a importância do transporte ferroviário em uma sociedade que ainda utiliza, em grande escala, o transporte rodoviário para o deslocamento de passageiros e cargas.

-publicidade-

Também são ilustradas partes de um passado esquecido, que aos poucos o tempo vai apagando, cenas do dia a dia envolvendo a ferrovia e a paixão e fascinação que o trem proporciona nos mais jovens, levando o público a fazer uma viagem sobre a história da Companhia Paulista de Estradas de Ferro.

A Casa de Vidro fica situada à Avenida Heitor Penteado, 2.145. Taquaral. A visitação pode ser feita de segunda a sexta das 9h às 17h.

 

O fotógrafo e pesquisador Marcel Pazinatto

Deixe um comentário

Por favor, digite seu comentário.
Por favor, digite seu nome