“A vítima de feminicídio é justamente a mulher que não procurou ajuda ou não teve a proteção do Estado”, diz o vereador.

O vereador Marcelo Yoshida (PT) protocolou na sessão de terça (2) projeto de lei criando em Valinhos uma campanha permanente de conscientização e enfrentamento ao assédio e à violência sexual.

A proposta prevê campanhas educativas, cartilhas e formação permanente dos servidores públicos sobre o assunto. Também propõe empoderar as mulheres para que elas denunciem o ocorrido, caso desejem, e divulgar políticas públicas de combate ao assédio e violência sexual.

Segundo o projeto, os objetivos são enfrentar o assédio e a violência sexual nos equipamentos, espaços públicos e transportes coletivos; divulgar informações sobre o tema; incentivar denúncias; e disponibilizar os telefones de órgãos públicos responsáveis por acolher as vítimas de abuso.

“Infelizmente, a violência é uma variável presente no cotidiano das mulheres brasileiras. Apesar disso, 52% das mulheres alegam não ter feito nada perante aos episódios”, afirma Marcelo, citando dados de 2019 fornecidos pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública. “A vítima de feminicídio é justamente a mulher que não procurou ajuda ou não teve a proteção do Estado”, acrescenta.

As comissões da Câmara devem analisar o projeto, que ainda não tem data para ser votado.

Fonte: CMV

A Maislaser convida você a conhecer a clínica da Ana Hickmann.
VISITE: Localizada ao lado do Shopping Valinhos
Rua Francisco Glicério, 1811
19 97146-3720 (WhatsApp)
TOUR VIRTUAL: https://tourmkr.com/F10andA4sE/31614796p&71.88h&66.16t

Deixe um comentário

Por favor, digite seu comentário.
Por favor, digite seu nome