Depois da grande mobilização das mulheres durante o outubro rosa, especialmente sobre a prevenção do câncer de mama, agora é a vez e a hora dos homens. O novembro azul é um chamado a todos os homens para cuidarem melhor de sua saúde, principalmente em relação ao câncer de próstata.

A Secretaria de Saúde de Valinhos mantém um programa destinado especificamente à saúde do homem. Nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs) e também no Centro de Especialidades de Valinhos (CEV), homens acima de 40 anos recebem atendimento e informações sobre a prevenção do câncer de próstata.

No Brasil, o câncer de próstata é o segundo mais comum entre os homens (atrás apenas do câncer de pele não melanoma). Em valores absolutos e considerando ambos os sexos, é o quarto tipo mais comum e o segundo mais incidente entre os homens. A taxa de incidência é maior nos países desenvolvidos em comparação aos países em desenvolvimento.

-publicidade-

Segundo o Instituto Nacional de Câncer (INCA) José Alencar Gomes da Silva, a estimativa de novos casos no Brasil é de 68.220 por ano. Mais do que qualquer outro tipo, é considerado um câncer da terceira idade, já que cerca de três quartos dos casos no mundo ocorrem a partir dos 65 anos.

De acordo com o INCA, o aumento observado nas taxas de incidência no Brasil pode ser parcialmente justificado pela evolução dos métodos diagnósticos (exames), pela melhoria na qualidade dos sistemas de informação do País e pelo aumento na expectativa de vida.

Alguns desses tumores podem crescer de forma rápida, espalhando-se para outros órgãos e podem levar à morte. A maioria, porém, cresce de forma lenta (leva cerca de 15 anos para atingir 1 centímetro cúbico). O diganóstico precoce é o principal aliado no tratamento, por isso a importância de fazer o exame regularmente.

Próstata

É uma glândula do sistema reprodutor masculino, que pesa cerca de 20 gramas, e se assemelha a uma castanha. Ela localiza-se abaixo da bexiga e sua principal função, juntamente com as vesículas seminais, é produzir o esperma

Câncer de próstata

É a multiplicação desordenada de células da próstata. No Brasil, é o segundo tipo de câncer mais frequente nos homens

Fatores de risco
– Histórico familiar de câncer de próstata: pai, irmão e tio
– Homens negros sofrem maior incidência desse tipo de câncer
– Obesidade

Sintomas
Em estágio inicial, quando as chances de cura beiram 90%, não há sintomas. Por isso, converse com seu urologista e cuide da sua saúde! Em fase avançada provoca dor óssea, dores ao urinar, vontade de urinar com frequência, presença de sangue na urina e/ou no sêmen

Diagnóstico e Tratamento:
A única forma de garantir a cura do câncer de próstata é o diagnóstico precoce. Mesmo na ausência de sintomas, homens a partir dos 45 anos com fatores de risco ou 50 anos devem ir ao urologista para conversar sobre o exame de toque retal, que permite ao médico avaliar alterações da glândula, como endurecimento e presença de nódulos suspeitos, e sobre o exame de sangue PSA (antígeno prostático específico). Cerca de 20% dos pacientes com câncer de próstata são diagnosticados somente pela alteração no toque retal. O tipo de tratamento vai depender do estágio da doença em cada paciente.

FontesSecretaria de Saúde do Município de Valinhos e Instituto Nacional de Câncer (INCA)

Deixe um comentário

Por favor, digite seu comentário.
Por favor, digite seu nome