-publicidade-

No lançamento da Campanha da Fraternidade, sacerdote critica postura dos vereadores

A Campanha da Fraternidade desse ano tem um lema muito atual que dialoga com uma das maiores mazelas da sociedade brasileira, a violência. O tema é Fraternidade e Superação da Violência, tendo como lema Em Cristo Somos Todos Irmãos (Mt 23,8).

A Câmara Municipal de Valinhos  realizou uma solenidade de lançamento da Campanha da Fraternidade em que o Padre Marcel Alvarenga fez um discurso impactante ao apontar as diversas causas da violência e a visão da doutrina social da Igreja de como enfrentá-las.

Padre Marcel faz discurso duro na Câmara de Valinhos
-publicidade-

Enfrentar a violência com amor e inclusão social

O padre denunciou os caminhos “fáceis” que só buscam gerar mais violência, denunciou a ausência de políticas públicas e a imensa desigualdade social no país: “Não será com respostas fáceis, armar a população, exército na rua ou volta da ditadura que será combatida a violência. Será com inclusão social, com amor e fraternidade”, arrematou.

Ao dirigir-se diretamente aos vereadores de Valinhos, Padre Marcel cobrou mais prioridade na saúde, educação, cultura e no fortalecimento das políticas públicas por parte do legislativo e da prefeitura da cidade.  E causou um clima de constrangimento entre os parlamentares presentes ao apontar  que, por vezes, os vereadores fazem e dão atenção ao que não precisa, até em fake news.

Padre cumpriu papel da Campanha da Fraternidade, diz presidenta dos vicentinos

Para a Presidenta do Conselho Particular São Luiz Gonzaga da Sociedade São Vicente de Paulo, Kátia Liane,  presente no lançamento da campanha,  o Padre Marcel “cumpriu o papel da Campanha da Fraternidade, de nos tirar do lugar comum, de incomodar, de cobrar os poderes públicos mais políticas públicas. Construir uma cultura de paz só se efetiva se enfrentarmos as causas da violência e isso se faz apostando na educação, na cultura e principalmente, na diminuição da desigualdade social muito presente em nossa sociedade. Em Valinhos nosso trabalho vicentino vivencia essa desigualdade junto as famílias atendidas” .

Situação foi idêntica na Câmara de Campinas

O Padre Marcel Alvarenga igualmente participou da solenidade de abertura da Campanha da Fraternidade 2018 na Câmara Municipal de Campinas e não mediu palavras para cobrar dos vereadores campineiros a respeito da votação que impediu a investigação da suspeita de irregularidades de aplicação de verbas da saúde naquele município.

A TV Pé de Figo já acertou a gravação de uma entrevista exclusiva com o sacerdote.

Confira o vídeo abaixo da participação do Padre Marcel na Câmara de Campinas:

Deixe um comentário

Por favor, digite seu comentário.
Por favor, digite seu nome