A Concessionária Rota das Bandeiras irá interditar neste sábado (17), das 9 às 17 horas, dois quarteirões da Avenida Invernada no sentido Rodovia Francisco Von Zuben, para que um guincho, o mesmo utilizado na Rua Campos Sales, possa fazer o trabalho de colocação das aduelas no lugar da antiga ponte da Rua Paulo Setubal. A ação é parte das obras de canalização do Córrego Invernada, que vão acabar com os problemas de enchentes na cidade.

Sendo assim, a alternativa para os motoristas que estiverem na Invernada em direção à Campinas ou a região do Shopping Valinhos, é entrar na Rua Campos Salles, entrar à esquerda na Rua Humberto Frediane e na sequência pegar a Rua Claudino Pereira, na Vila Faustina, retornando assim para a Avenida Invernada.

Desde a última segunda-feira (12), os motoristas que passam pela região onde a Concessionária Rota das Bandeiras realiza as obras de canalização do córrego Invernada, que devem contribuir significativamente para a diminuição das enchentes no local, precisam dirigir com atenção redobrada, pois foi realizada uma alteração importante no trânsito.

Com as obras de colocação da nova ponte de aduelas no cruzamento da Avenida Invernada com a Rua Campos Salles finalizada, o tráfego que estava bloqueado foi liberado e, a equipe de obras partiu para uma nova etapa, a reconstrução da passagem sobre o córrego na rua Paulo Setúbal, também no cruzamento com a Invernada.

A medida, embora esteja causando transtorno para os motoristas, especialmente os que descem a Avenida Invernada em direção à Campinas e à região do Shopping Valinhos, trará grande benefício para Valinhos com o fim das enchentes naquele local. “Nós sabemos que a modificação no trânsito traz incômodo para as pessoas que passam pela região, mas o bloqueio é fundamental para a continuidade das obras que trarão um grande benefício para a cidade de Valinhos”, explica o engenheiro responsável pelas obras, Rodrigo Lemos.

Segundo o prefeito Orestes Previtale (PSB), os motoristas precisam ter calma e paciência, pois a realização destas obras é aguardada pela população há pelo menos 25 anos. “O resultado disso será benéfico para todos, especialmente para que tem comércio e empresas nesta região e que sofriam prejuízos todos os anos com as enchentes”, disse.

Como opção, os motoristas devem usar o retorno existente logo após o viaduto Abílio Franceschini da avenida Onze de Agosto. Com a modificação, o caminho ficará cerca de 1 km mais longo. Todas as mudanças no trânsito foram definidas em acordo com a Secretaria de Mobilidade Urbana de Valinhos e Agência de Transportes do Estado de São Paulo (Artesp). As alterações contarão com sinalização adequada para orientar os motoristas.

Esta é a segunda mudança importante no trânsito da região gerada pelo avanço das obras no mês de novembro. No dia 1º, a Rota das Bandeiras já havia liberado o acesso à avenida Dom Nery e à rua Kamekichi Ohnuma, que dá acesso à Rodovia Francisco Von Zuben.

Os motoristas que desejarem mais informações poderão entrar em contato com a Rota das Bandeiras por meio do telefone 0800-770-8070. A ligação é gratuita e o telefone funciona 24 horas.

Canalização do Córrego Invernada

A execução das obras de canalização do Córrego Invernada foi assumida pela Rota das Bandeiras com a concessão do Corredor Dom Pedro, em abril de 2009, após Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) firmado entre a Dersa e o Ministério Público como compensação pelo passivo ambiental gerado pela construção do primeiro trecho do anel viário Magalhães Teixeira (SP-083), entre as rodovias D. Pedro I (SP-065) e Anhanguera (SP-330), em 2001.

A obra completa de canalização do Córrego Invernada contempla um trecho com 800 metros de extensão da avenida, entre o Clube Atlético Valinhense e a Unilever, além do afluente localizado na altura da rua Dom Carlos Carmelo de Vasconcelos Mota, com mais 200 metros de extensão. Em 2016, a Rota das Bandeiras já havia concluído a canalização de um trecho com 150 metros de extensão do Invernada, no trecho entre o Clube Atlético Valinhense e a alça de acesso para a avenida Onze de Agosto.

Após a conclusão desta segunda etapa das obras, a Rota das Bandeiras ainda executará uma terceira intervenção ao longo do Córrego, prevista para 2019, desde que cumpridos todos os prazos necessários para as remoções de interferências existentes, considerando especialmente as redes de água, energia e telefonia, bem como os planos de interdição do tráfego, que deverão ser implantados à medida que a obra avançar, e a execução de obras complementares por parte da Unilever, cujo cronograma vem sendo discutido entre a empresa e a Prefeitura de Valinhos.

Fonte: PMV

Deixe um comentário

Por favor, digite seu comentário.
Por favor, digite seu nome