-publicidade-

No domingo Orquestra terá no palco mais de 70 músicos

Após um breve período de descanso, a Orquestra Filarmônica de Valinhos retomará neste domingo (27) os concertos da Temporada 2017, sob a regência de seu maestro titular Isaac Kerr. Neste quinto concerto do ano, que acontece a partir das 11h no Teatro Multiuso da Câmara Municipal de Valinhos, a OFV contará com a participação da Orquestra Sinfônica Municipal de Americana.

O repertório que será apresentado é eclético, com destaques para a execução da peça contemporânea infantil Três Vidraças Coloridas, do compositor campineiro Marco Padilha, e da participação do violoncelista Lars Hoefs, solista convidado para este concerto, que apresentará o Concerto para Violoncelo e Orquestra nº 1 de Camille Saint-Saëns.

-publicidade-

Outro grande destaque é a execução da Sinfonia nº 9 de Antonín Dvorák, que exige um grande volume sonoro, o que motivou a parceria com a orquestra de Americana.

Considerada a obra mais importante do compositor checo e uma das mais importantes sinfonias da história da música, a Sinfonia nº9, popularmente conhecida como Novo Mundo foi composta em 1893, quando Dvorák estava nos Estados Unidos, e demonstra com exímia musicalidade o contraste entre o encantamento do compositor com o novo continente, e a saudade de sua terra natal.

A obra estreou em 1893 no Carnegie Hall de Nova York em comemoração ao aniversário da chegada dos europeus à America, fato que deu nome à obra.

O repertório conta também com a Valsa do Imperador, do compositor austríaco Johann Strauss Jr.

Importante compositor campineiro é destaque

Marco Padilha (21/11/1955), é natural Campinas/SP e bacharel em composição pela Universidade Estadual de Campinas – Unicamp, onde estudou com Almeida Prado, sendo integrante da primeira turma de compositores.

Com um estilo entre tradicional e moderno, utiliza as linguagens modal/tonal/serial com liberdade expressiva, salientando o aspecto formal. Padilha se destaca pelo lirismo e dramaticidade.

Um dos mais importantes compositores de sua geração, tem como destaque seu Concerto para Viola e Orquestra Op. 13, que tem causado efusivos comentários por intérpretes e pela crítica, como uma das mais importantes obras escritas para esse instrumento no século XX.

Sobre o solista

Lars Hoefs é um exímio violoncelista estadunidense, sendo um ativo solista e camerista com apresentações no Brasil, Europa e Estados Unidos.

Graduado pela Northwerstern University, onde foi orientado pelo famoso pedagogo Hans Jorgen Jensen, possui Mestrado e Doutorado pela Universidade do Sul da Califórnia, em Los Angeles, onde estudou com Ronald Leonard.

Foi o principal violoncelista da Orquestra Sinfônica Brasileira na temporada 2009, sob a direção de Roberto Minczuk, e desde 2013 leciona Violoncelo e História da Música na Unicamp, onde também lidera o Cello Ensemble.

Serviço:

Data: 27 de agosto de 2017
Horário: 11h
Local: Teatro Multiuso da Câmara Municipal de Valinhos
Regente: Isaac Kerr
Soista convidado: Lars Hoefs (violoncelo)

Repertório:
M.C. Padilha | Três Vidraças Coloridas
C. Saint-Saëns | Concerto para Violoncelo e Orquestra nº1
A. Dvorák | Sinfonia nº9 – Novo Mundo
J. Strauss | Valsa do Imperador

Ingressos:
Antecipado: R$ 12,00 (preço único) já disponível no sitewww.filarmonicadevalinhos.com.br e na loja Foto Parodi – Rua Treze de Maio, 147, Centro – Valinhos/SP
Inteira: R$ 20,00
Meia-entrada: R$ 10,00 (de acordo com as leis vigentes)

 




Deixe um comentário

Por favor, digite seu comentário.
Por favor, digite seu nome