Os funcionários públicos efetivos de Valinhos se mobilizaram nesta terça-feira (2) para participar da eleição da Comissão de Servidores, que vai ajudar a criar o Plano de Cargos e Carreiras do Servidor Público Municipal. A votação aconteceu entre 7h e 19h na Casa dos Conselhos. O voto é facultativo, mas a Comissão Eleitoral registrou expressivo comparecimento.

Os votos são para escolher quatro servidores das secretarias de Saúde e Educação, que têm número maior de funcionários, e dois das demais secretarias e autarquias municipais, que somam 17 representações.

O coordenador da Comissão Eleitoral, Frederico Rodrigues Póvoa Leal, explicou que quatro secretarias tiveram apenas um candidato que se disponibilizou a compor a Comissão de Servidores e uma secretaria teve dois candidatos, que automaticamente farão parte do grupo, sem necessidade de que sejam eleitos.

O resultado da eleição será publicado na sexta-feira no Boletim Municipal de Valinhos, na página da Prefeitura Municipal, www.valinhos.sp.gov.br. Haverá dois dias para recursos e o resultado será consolidado na próxima semana. “Tivemos um bom movimento na votação”, afirmou Leal.

A auxiliar de desenvolvimento no infantil da Secretaria de Educação, efetivada há 10 anos, Eliane Severino da Silva Gomes, destacou a importância de votar porque o Plano é uma demanda antiga e oportunidade de valorizar a função do servidor municipal. “O Plano de Cargos e Carreiras é necessário e justo. Tenho boas expectativas”, disse o auxiliar de compras da Câmara Municipal contratado há quatro meses, Alexandre José Motta.

A técnica de enfermagem Aparecida Ferreira Arcain, há dois anos como servidora, alegou que a participação é importante na elaboração do Plano. “Ante os recentes acontecimentos, a expectativa é de que tudo melhore”, disse, referindo-se à decisão da Justiça de cortar o adicional de estímulo dos funcionários públicos.

O diretor de Operação do Sistema de Água do Departamento de Águas e Esgotos de Valinhos (Daev), Ricardo Faria, há 12 anos na autarquia, alegou que o Plano vai representar melhores salários. “O Plano vai valorizar o servidor público, estimular e manter os bons funcionários, criar perspectiva de crescimento dentro do poder público”, afirmou o agente administrativo da Secretaria de Assistência Social, há três anos, Thiago Felicio.

A criação do plano foi acertada pela Administração com os servidores depois do corte do adicional de estímulo de 10% e 20%, determinado pela Justiça no final de agosto. O plano é uma antiga reivindicação dos servidores de Valinhos, mas nunca foi elaborado.

Participam da eleição 73 candidatos de todas as 17 secretarias e autarquias, incluindo o Departamento de Águas e Esgotos de Valinhos (DAEV) e a Câmara Municipal. Serão eleitos 40 servidores.

Fonte: PMV

 

 

 

Deixe um comentário

Por favor, digite seu comentário.
Por favor, digite seu nome