Foto: Rodolfo Soares

A Prefeitura Municipal de Valinhos publicou em seu site e redes sociais na manhã desta segunda-feira (28) uma nota oficial esclarecendo como estarão operando os serviços públicos básicos no município enquanto durarem os reflexos da greve dos caminhoneiros.

Segundo a nota, a Secretaria de Educação estabeleceu como facultativas as aulas na rede municipal de ensino nos dias 28, 29 e 30. As escolas estarão abertas e receberão os alunos, mas não haverá aula para não prejudicar o desenvolvimento do conteúdo programático para aqueles que não conseguirem chegar à escola.

Sobre o transporte público, a Prefeitura informa que os ônibus estarão funcionando com 100% da frota nos horários de pico, porém nos períodos das 8h às 16h, e depois das 20h, a circulação acontecerá com redução de 20% na quantidade de veículos. Ainda segundo a nota, há reserva de combustível para garantir o atendimento ao público até a próxima quarta-feira (30).

As atividades da Guarda Municipal, dos agentes de trânsito e do Corpo de Bombeiros estão acontecendo com estratégia de definição de prioridades. Já na saúde, a Prefeitura garante o funcionamento normal de três ambulâncias e também da UTI móvel. Outras duas ambulâncias estarão de reserva, com o tanque abastecido.

Leia a nota na íntegra:

NOTA OFICIAL – GREVE DOS CAMINHONEIROS E SEUS REFLEXOS EM VALINHOS

A Secretaria de Educação de Valinhos estabeleceu como facultativas as aulas nas escolas da rede municipal nos dia 28, 29 e 30. As escolas estarão abertas para receber alunos, mas não haverá aulas. Os pais estão sendo avisados da medida, que busca não comprometer o conteúdo pedagógico para estudantes que não puderem se deslocar até a escola. No caso de unidades escolares que não previam aulas nesses dias, por causa de reuniões ou outros eventos, o calendário será mantido.

Até segunda, o transporte de 2 mil alunos de escolas públicas de Valinhos que são atendidos por ônibus fretados, porque moram a mais de dois quilômetros da escola onde estudam, está garantido nos períodos da manhã e tarde. Três empresas contratadas para fretamento escolar, MacTur, JC Turismo e TransMimo, utilizam 25 ônibus para atender esses alunos.

A rede pública escolar do município tem cerca de 12 mil alunos (CEMEI até o 9º ano do Ensino Fundamental I e II) e as 2 mil crianças que utilizam fretados representam 16% do total.

Escolas como a EMEB Gov. André Franco Montoro, no Bairro Bom Retiro, por exemplo, não tem alunos transportados por ônibus fretados. Em escolas mais distantes, porém, como a EMEB Carolina de Oliveira Sigrist, no Bairro Capivari, a maior parte dos estudantes depende de ônibus fretado.

Em Valinhos, 942 alunos da rede pública utilizam passe escolar e transporte público municipal em ônibus urbano.

Transportes

Os ônibus do transporte público de Valinhos estão circulando normalmente nos horários de pico durante a semana e no final de semana, para garantir o atendimento a trabalhadores e estudantes da cidade. Das 8h às 16h e depois das 20h houve redução de 20% na frota, por causa da greve nacional dos caminhoneiros, que afetou o abastecimento de combustíveis.

No sábado, a frota de ônibus irá operar sem restrições o dia todo. No domingo, o atendimento não sofre alterações até as 8h. A partir desse horário, haverá uma operação especial com a redução de 20% dos veículos.

A Secretaria de Mobilidade Urbana informou que há reserva de combustível para manter essa operação até a próxima quarta-feira (30), véspera do feriado Corpus Christi, sempre priorizando o acesso de trabalhadores e estudantes ao transporte público. A frota do transporte público de Valinhos conta com 45 veículos. 
Coleta de lixo

A coleta de lixo está ocorrendo normalmente esta semana até sábado (26), de acordo com o Departamento de Limpeza Pública. Na segunda (28), caso a greve persista, será feita uma avaliação dos serviços para analisar a necessidade de adotar novas medidas.

Guarda Civil Municipal

A GCM (Guarda Civil Municipal) de Valinhos informou que tem reserva de combustível para os próximos dias, mas adotou como medida preventiva manter viaturas em pontos estratégicos da cidade.

As viaturas continuam sendo deslocadas normalmente para atender ocorrências em toda a cidade, feitas pela central de atendimento da corporação ou pelos moradores.

A estratégia será mantida até a normalização do abastecimento de combustível na cidade.

Agentes de trânsito

Os agentes de trânsito e mobilidade de Valinhos reduziram as rondas pela cidade e estão priorizando atendimentos de emergência, entre eles acidentes de trânsito, apoio a intervenções urbanas, como obras, e atividades do Corpo de Bombeiros. Até esta sexta (25), não houve impacto no atendimento desse serviço aos moradores.

Transportes internos

O departamento de Transportes Internos da Prefeitura de Valinhos otimizou o atendimento, definindo prioridades. A frota de máquinas, ambulâncias, da Guarda Civil Municipal e do Corpo de Bombeiros tem reserva de combustível para continuar operando até quarta-feira, segundo o departamento.

Ambulâncias

Três ambulâncias e a UTI Móvel de Valinhos estão operando normalmente para o atendimento de casos de emergência. Outras duas ambulâncias estão de reserva, com o tanque abastecido. Houve otimização dos serviços e o transporte de pacientes para procedimentos eletivos, que não são urgentes, tiveram de ser adiados.

Leia também:

Vinhedo decreta Situação de Emergência

Deixe um comentário

Por favor, digite seu comentário.
Por favor, digite seu nome