A proposta apresentada para a revisão do Plano Diretor contém permissão de loteamento com medidas de 300 a 500m2 na Fonte Sônia, Serra dos Cocaism Reforma Agrária, Macuco e Capivari

A assessoria de imprensa da Prefeitura de Valinhos acaba de divulgar, na tarde desta quarta-feira, 19, uma nota em que rebate a afirmação feita pelo vereador Henrique Conti (PV) da tribuna da Câmara Municipal, durante a última sessão.

Segundo Conti, uma funcionária da Geo Brasilis, empresa contratada pela Prefeitura para encaminhar a revisão do Plano Diretor, teria afirmado que foi uma imposição da Prefeitura a inclusão do parcelamento do solo na região da Serra dos Cocais com unidades de 300 e 500m2.

“quando a funcionária da Geo Brasilis disse não fui só eu que ouvi. Havia no mínimo umas 20 pessoas na sala e todos ouviram.” vereador Conti

Procurado pelo Pé de Figo, o vereador Conti confirma: “quando a funcionária da Geo Brasilis disse, não fui só eu que ouvi. Havia no mínimo umas 20 pessoas na sala e todos ouviram.”

De acordo com a nota da assessoria de imprensa, “nenhum dos itens do Plano foi proposto ou apresentado pela Prefeitura”.

Confira a íntegra do comunicado da Prefeitura de Valinhos:

“A Prefeitura de Valinhos esclarece que todas as proposições que integram o projeto do Plano Diretor do Município, que está em elaboração, foram feitas pela sociedade valinhense e seus variados segmentos, nas fases preliminares do processo. Nenhum dos itens do referido Plano foi proposto ou apresentado pela Prefeitura.

Vale lembrar que a proposta do Plano Diretor ainda está sendo discutida, terá uma audiência pública aberta no próximo dia 4 de julho e, posteriormente, ainda precisará de aprovação do Poder Legislativo do Município. Os trabalhos estão sendo coordenados pela empresa Geo Brasilis, contratada pela Prefeitura com essa finalidade.

A Prefeitura lamenta que informações distorcidas estejam sendo utilizadas para tumultuar o andamento dos debates do Plano Diretor e pede à população que fique atenta e se informe no site e nas redes sociais da Administração sobre o andamento do Plano Diretor e as formas de participação popular.”

 

 

1 Comentário

Deixe um comentário

Por favor, digite seu comentário.
Por favor, digite seu nome