O programa Quarta É Feira comemora dois anos nesta quarta-feira (18) com uma programação festiva para os moradores, que inclui várias atividades, desde sorteio até espaço lúdico, e ações também na página de Facebook do programa. A feira começa a funcionar a partir das 18h, no Centro de Artes, Cultura e Comércio de Valinhos (CACC) Adoniran Barobsa, ao lado do Terminal Rodoviário, sempre às quartas-feiras.

Oficialmente, a feira completa dois anos de atividade no dia 20. Além do sorteio de brindes aos consumidores, haverá apresentação da DJ Helena e as crianças terão um espaço monitorado para brincadeiras. A partir desta quarta-feira, a feira, que tem 38 estandes de vendas, ganha o incremento de mais dois, um de mel e derivados e outro de ervas e Plantas Alimentícias Não Convencionais (Pancs). Haverá também o sorteio de cesta de frutas na página no Facebook do programa: https://www.facebook.com/quartaefeiravalinhos/ 

“Comemorar os dois anos de atividade é importante porque a feira é o maior canal direto na cidade entre produtores e consumidores. Ali dentro estão as pessoas que trabalham a terra. Nem sempre são valorizadas”, explicou a diretora do Departamento de Agricultura da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Luciana Passos. Além da valorização do profissional, a feira permite que o agricultor incremente sua renda na venda direta ao consumidor.

O programa garantiu que produtores expandissem seus negócios. “Já houve alguns que abriram portas por meio da feira e até saíram de lá por terem crescido bastante. Isso nos mostra que estamos no caminho certo”, disse Luciana. Ela lembrou que o sucesso da feira está relacionado aos constantes cuidados por parte do agricultor, que apresenta produtos com qualidade, com variedade e preço justo.

Entre eles está o produtor Márcio da Silva Teixeira, de 36 anos, que tem em sua barraca frutas, legumes e ovos caipira. “A feira é ótima, pois trouxe o benefício para nós agricultores de poder plantar e vender nossos produtos direito do sítio”, confirmou. Ele garante a qualidade de seus produtos. “As nossas galinhas são criadas soltas e só comem milho”, explicou. A caixa com 10 ovos caipira custa R$ 10 na Barraca Família Teixeira.

O agricultor faz parte da comissão organizadora da feira, composta por três pessoas e renovada a cada três meses para garantir a participação de todos os produtores. Em funcionamento desde sua inauguração, a comissão tem por objetivo manter a organização das barracas, cumprimento dos horários de abertura e fechamento da feira, controlar a falta do agricultor, além de garantir a contínua propaganda da feira nas redes sociais.

Na feira é possível encontrar cenoura, alface, brócolis, mandioquinha, cheiro verde, cebola, banana, goiaba, laranja, limão e muitas outras verduras, legumes e frutas, além de produtos variados e artesanais, como mel, doces, compotas, pão integral e outras novidades. Os preços variam. Um pacote de cenoura custa R$ 3,00, a unidade do brócolis sai por R$ 2,50, o pacote de gengibre sai por R$ 2,50, com o benefício que tudo vem direto das terras do produtor local.

Fonte: PMV

 

Deixe um comentário

Por favor, digite seu comentário.
Por favor, digite seu nome