Rafael Thomaz

Desconstruir rótulos musicais. É com esse intuito que os músicos do projeto ‘Rafael Thomaz Septeto’ sobem ao palco do Teatro Municipal Sylvia de Alencar Matheus, em Vinhedo, no dia 26 de julho. O grupo que faz a junção de instrumentos e linguagem pouco usuais, pretende fazer com que qualquer pessoa se identifique através dos sons.

Formado por quatro instrumentistas de sopro madeiras (Cesar Pereira na flauta, André Fajersztajn no clarinete, Martin Lazarov no oboé e Bruno Cabral nos saxofones) mais trio de base (Rafael Thomaz na guitarra e no violão, Henrique Tarrason nos contrabaixos e Fabio Augustinis na bateria), os músicos executam arranjos e composições originais do guitarrista e violonista, Rafael Thomaz. Durante o show, apresenta-se um repertório variado de quatorze músicas que transitam entre 3 universos – música clássica, jazz e música brasileira.

“O desafio neste projeto é a experimentação de linguagens e gêneros, tirando os músicos da zona de conforto. As canções podem mesclar valsa, choro, música barroca, tango e eletrônica com espaço para improvisação”, comenta Rafael Thomaz.

Os amantes de música instrumental podem adquirir o CD ‘Ainda dá Tempo?’ no decorrer do evento, que é gratuito e aberto a todo e qualquer público, com materiais disponibilizados em braille e acesso para cadeirantes. Após a apresentação, serão ministrados workshops e oficinas com os músicos do septeto.

Realizado por meio do ProAC-SP, Programa de Incentivo à Cultura do Estado de São Paulo, com produção executiva de Guido Barella, o álbum foi gravado no Estúdio do Mario Porto, em Campinas, com participação de Tiago Marques no Oboé e faixa especial “Choro de Pai e Mãe” com o trompetista Diego Garbin. O projeto inicialmente passará por 5 cidades do interior de São Paulo sendo Vinhedo (26/07), Matão (03/08), Campinas (06/08), Salto (09/08) e Hortolândia (10/08). Além dos shows, workshops e oficinas gratuitas, as partituras e vídeos podem ser visualizados online no site do músico www.rafaelthomaz.com/septeto.

Serviço

Projeto Rafael Thomaz Septeto – Show e Workshop
Data: 26 de julho de 2018, às 20h.
Local: Teatro Municipal Sylvia de Alencar Matheus
Endereço: Rua Monteiro de Barros, 101, no Centro de Vinhedo – SP.
Redes Sociais:
Facebook – https://www.facebook.com/rafaelthomaz.violao/
Instagram – www.instagram.com/rafaelthomaz1
YouTube – www.youtube.com/rafaelthomaz1

Sobre o Projeto

O septeto foi criado em 2016, formado por músicos atuantes no cenário paulista com larga experiência em shows e gravações, e o projeto ‘Rafael Thomaz Septeto’, surgiu por meio da vontade dos músicos de pesquisar novas sonoridades no âmbito do jazz e da música brasileira com a influência de arranjadores e grupos da música popular e erudita internacional, que resultou em um produto artístico complexo e híbrido. O projeto amplia horizontes musicais e estéticos a partir de elementos já conhecidos, explorando todas as possibilidades de instrumentos como guitarra elétrica, guitarra acústica e violão; contrabaixo elétrico e acústico; bateria e percussão; flautas em dó e sol e piccolo; oboé; clarinete e clarone; saxofones soprano, alto e tenor.

Com a turnê de 5 shows com acessibilidade total e workshops gratuitos pelo interior do Estado de São Paulo, passando pelas cidades de Vinhedo, Matão, Campinas, Salto e Hortolândia, o projeto também contempla a doação de CDs, partituras e vídeos online, além de materiais disponibilizados em braille – pela parceria com o Centro Cultural Luiz Braille, de Campinas (SP). O grupo executa arranjos e composições originais do guitarrista e violonista, Rafael Thomaz.

Sobre Rafael Thomaz

Doutor em música pela Unicamp, onde obteve o título de mestre e cursou o Bacharelado em Música Popular. Atua como violonista, tanto no âmbito da música de concerto quanto na música popular. Foi premiado em concursos nacionais de violão, apresentou-se como concertista em importantes séries de concerto e como solista a frente de orquestras e grupos de câmara. É integrante do grupo Algaravia, com o qual realizou turnês pelo estado de São Paulo e tem dois CDs lançados. Em duo com Guilherme Lamas tem apresentado desde 2014 o show “Sinal dos Tempos”, uma homenagem ao compositor e violonista Garoto, e lança em 2018 o álbum autoral “Idas e Vindas”. Em 2015 lançou seu primeiro CD solo, “Paisagens Interiores”. Em 2017 apresentou-se como solista convidado no Gasteig em Munique na Alemanha. Foi premiado com o edital do ProAC-SP para gravação e circulação em 2018 do Rafael Thomaz Septeto, onde atua como compositor, arranjador e instrumentista. Prepara para 2019, o lançamento do CD “Invenções para violão e percussão”. Atua também ativamente como professor, técnico de som e produtor musical.

Fonte: divulgação

Leia também:

Segundo Revista Bula, Valinhos e Vinhedo estão entre as 20 cidades mais felizes do Brasil

Circuito das Frutas: grupos de trabalho irão impulsionar proposta de ecoturismo

Deixe um comentário

Por favor, digite seu comentário.
Por favor, digite seu nome