Vôlei Valinhos vence mais uma

A sexta rodada da Superliga B feminina 2019 deixou o Flamengo (RJ) e o Vôlei Valinhos (SP) em uma situação bastante confortável no campeonato. Na noite desta quarta-feira (27.02), quatro jogos movimentaram a competição, mas foi o rubro-negro carioca quem se sobressaiu ao vencer o quinto jogo consecutivo e manter os 100% de aproveitamento.

No ginásio da AABB no Rio de Janeiro (RJ) a equipe rubro-negra superou o Maringá/AmaVôlei (PR) por 3 sets a 0 (25/20, 25/21 e 25/17). Mesmo com um jogo a menos o Flamengo segue na liderança com 15 pontos. A capitã do time carioca, Nayara Félix, comentou o bom resultado.

Flamengo manteve os 100% (Créditos: Marcelo Cortes/Flamengo)

“O time de Maringá está crescendo no campeonato, portanto sabíamos que não seria um jogo fácil. Mas jogar em casa é especial e nosso time também vem evoluindo a cada jogo. O resultado é uma consequência do nosso trabalho no dia a dia. Temos um propósito e estamos no caminho certo, agora é só seguir”, disse Nayara.

O Vôlei Valinhos também tem os mesmos 15 pontos que o Flamengo, mas segue na segunda posição pela razão de sets. Nesta rodada o time paulista voltou a vencer depois do revés fora de casa. Em Valinhos (SP), no Pedro Ezequiel, as donas da casa bateram o São José dos Pinhais (PR) por 3 sets a 0 (25/22, 25/17 e 25/18). O treinador da equipe, André Rosendo, avaliou o desempenho do grupo no jogo desta noite.

“Hoje o time se comportou muito bem. Foi muito eficiente no sistema defensivo, o que tinha falhado no último jogo. Nosso bloquei funcionou, a defesa foi bem taticamente. Fizemos uma partida bem segura, com bom volume de ataque. Diminuímos os erros de saque, e mostramos evolução. Agora vamos seguindo nosso planejamento, de nos manter entre as primeiras posições, e decidir a liderança na próxima rodada”, contou André Rosendo.

Outro representante do estado de São Paulo reencontrou o caminho da vitória nesta rodada. Fora de casa o Feac/AFV Franca (SP) levou a melhor sobre o Cefa (RS) por 3 sets a 1 (28/26, 29/27, 21/25 e 25/23), no Jatyr Francisco Foresti, em Marau. O técnico de Franca, Paulo Silveira, comemorou o resultado.

“O jogo foi bonito e equilibrado. Nossa equipe deixou a desejar em alguns aspectos, cometeu muitos erros. Acho que poderíamos ter feito uma apresentação ainda melhor. Vínhamos de quatro derrotas e precisávamos ganhar aqui de qualquer jeito. Houve também um certo nervosismo da equipe. Viemos com objetivo de buscar os pontos fora de casa e conseguimos”, comentou Paulo Silveira.

Ainda nesta quinta-feira o Bradesco Esportes (SP) venceu o Marcelino Champagnat/FEL/Londrina (SP) por 3 sets a 1 (25/21, 19/25, 25/16 e 25/20), no Moringão, em Londrina (PR). Mesmo com o resultado positivo o time paulista está na sétima posição, enquanto a equipe paranaense é a lanterna.

SUPERLIGA B FEMININA 2019

SEXTA RODADA

27.02 (QUARTA-FEIRA) Marcelino Champagnat/FEL/Londrina (PR) 1×3 Bradesco Esportes (SP), no Moringão, em Londrina (PR) (21/25, 25/19, 16/25 e 20/25)

27.02 (QUARTA-FEIRA) Cefa (RS) 1×3 Feac/AFV Franca (SP), no Jatyr Francisco Foresti, em Marau (RS) (26/28, 27/29, 25/21 e 23/25)

27.02 (QUARTA-FEIRA) Vôlei Valinhos (SP) 3×0 São José dos Pinhais (PR), no Pedro Ezequiel da Silva, em Valinhos (SP) (25/22, 25/17 e 25/18)

27.02 (QUARTA-FEIRA) Flamengo (RJ) 3×0 Maringá/AmaVôlei (PR), no Togo Renan, no Rio de Janeiro (RJ) (25/20, 25/21 e 25/17)

Fonte: CBV

 

Deixe um comentário

Por favor, digite seu comentário.
Por favor, digite seu nome