O Hospital Galileo tem 10 pacientes na UTI e 7 na enfermaria.

Das 18 mortes registradas pela doença até agora, 8 eram moradores de Valinhos e 10 informaram domicílio em cidades da região. Pacientes do Hospital Galileo e residentes em cidades da região são as duas novas mortes.

A Secretaria da Saúde confirmou mais 2 mortes e 86 novos casos de covid-19 em Valinhos nesta quarta-feira (17). Com isso, chega a 18 o número de óbitos e a 445 o total de notificações positivas na cidade.

Os números são os maiores para um único dia desde que o início da pandemia, em março. A curva de casos positivos tem acelerado nos últimos dias. Desde primeiro de junho, o número cresceu de 174 para 445.

Os dois novos casos de óbito são de pessoas que informaram domicílio em outras cidades. Os pacientes são uma mulher de 87 anos, de Campinas, que morreu dia 1 de junho no Galileo, e um homem de 50 anos com histórico de doença cardiovascular e diabetes mellitus, morador de Salto, que morreu no dia 28 de maio também no Galileo. 

Das 18 mortes registradas pela doença até agora, 8 eram moradores de Valinhos e 10 informaram domicílio em cidades da região.

A Secretaria da Saúde contabiliza casos de munícipes e não munícipes confirmados com covid-19 na mesma tabela de dados, já que todos os não munícipes com exames positivos têm alguma ligação com a cidade, como atividades profissionais, parentes próximos e imóveis de veraneio (chácaras utilizadas nos finais de semana, por exemplo) e foram tratados pelo sistema valinhense de saúde (público ou privado).

Entre os 86 novos casos confirmados desta quarta-feira, 56 são moradores de Valinhos e 30 são de outras cidades.

No total, dos 445 casos já confirmados da doença, 292 são de moradores de Valinhos e 153 informaram que residem em outros municípios. 

Os casos suspeitos agora são 212 no Município. O número de mortes suspeitas caiu para 2. Todos esses casos esperam resultados de exames do Instituto Adolfo Lutz, em São Paulo. Há ainda 315 casos descartados.

Leitos

A quantidade de pacientes internados nos dois hospitais de Valinhos chegou a 51 nesta quarta-feira, sendo que 33 estão em UTIs (24 na Santa Casa e 9 no Galileo), com quadros mais graves, e outros 18 em enfermarias (10 na Santa Casa e 8 no Galileo).

Com a chegada de novos respiradores, a Santa Casa formalizou nesta quarta-feira o aumento de mais dois leitos de UTI para covid-19, saltando de 22 para 24 vagas. Hoje, Valinhos possui, no total, 44 leitos para a covid-19.

A direção da Santa Casa informou que trabalha para ampliar o número de leitos de covid-19 para 27 nos próximos dias, o que elevaria a capacidade total do município para 47, com a chegada de novos respiradores enviados pelo Estado para Valinhos..

A taxa de ocupação das UTIs na cidade (atendimento SUS e privado) nesta terça-feira (16) chegou a 75%, segundo informações oficiais dos hospitais à Secretaria Municipal da Saúde. Dos 44 leitos disponíveis, 33 estão ocupados. Porém, na Santa Casa, que atende pelo SUS, a ocupação se manteve em 100%. 

Fique em casa

A recomendação do Ministério da Saúde, da Secretaria de Estado da Saúde e da Organização Mundial da Saúde é para que as pessoas evitem sair de casa. O isolamento social é a melhor forma de se proteger do coronavírus. 

Por determinação da Vigilância Sanitária, estabelecimentos de comércio e serviços voltam a fechar a partir desta terça-feira, numa tentativa de conter o avanço da doença. Apenas os serviços essenciais poderão abrir. 

Fonte: PMV

Deixe um comentário

Por favor, digite seu comentário.
Por favor, digite seu nome