O vereador Fábio Damasceno (Republicanos) apresentou projeto de lei para considerar as atividades religiosas como essenciais em Valinhos.

Se a proposta for aprovada e virar lei, fiéis poderiam se reunir para cultos e outras atividades, com a adoção de protocolos de higiene, mesmo em tempos de crise, como a causada pela pandemia de Covid-19 ou por catástrofes naturais.

O projeto prevê que a Vigilância Sanitária fiscalize os estabelecimentos de culto, seguindo protocolos da Organização Mundial da Saúde e de órgãos de saúde nacionais, estaduais e municipais.

“Ao longo da pandemia, ficou nítido que as atividades religiosas contribuem de forma positiva para a saúde dos cidadãos, ajudando tanto nas questões sociais como emocionais”, argumenta o vereador na mensagem que acompanha o projeto de lei. “As atividades religiosas ainda auxiliam o Poder Público na divulgação e propagação de informações sobre o combate e prevenção da Pandemia, bem como orientações sobre as ações públicas”, acrescenta.

A proposta tramita na Câmara e ainda não tem data definida para ser votada.

Fonte: CMV

Deixe um comentário

Por favor, digite seu comentário.
Por favor, digite seu nome