A maioria dos canudos é produzida a partir do polipropileno e do poliestireno, dois materiais plásticos cujo prazo de decomposição varia de 50 a 100 anos.

As vereadoras Dalva Berto (MDB) e Mônica Morandi (PDT) apresentaram, na sessão desta terça-feira (6), um novo projeto de lei para proibir o uso de canudos plásticos em bares, restaurantes, lanchonetes e demais lugares que vendem bebidas em Valinhos. A nova redação vem em substituição a projeto anterior apresentado em setembro.

Vereadora Dalva Berto (MDB)
Vereadora Mônica Morandi (PDT)

De acordo com o novo projeto, poderão ser disponibilizados apenas canudos biodegradáveis. A exceção fica para os canudos plásticos articulados que deverão ter quantidade mínima disponível a pessoas com deficiência, o que é a novidade do projeto. Quem desrespeitar a lei estará sujeito à advertência e multa.

 O projeto está em análise nas comissões permanentes da Câmara e ainda não tem data definida para ser votado.

-publicidade-

Fonte: CMV

Deixe um comentário

Por favor, digite seu comentário.
Por favor, digite seu nome