A moção é de autoria do vereador Mayr (Pode).

Na moção aprovada, Mayr criticou a fala do ministro: “Demonstra verdadeiro desrespeito, não só com a pauta ambiental, mas também com as próprias vítimas do coronavírus”

A Câmara aprovou na terça (26) moção de repúdio a Ricardo Salles, ministro do meio ambiente, por conta das suas declarações na reunião ministerial com o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) tornada pública na semana passada.

A moção é de autoria do vereador Mayr (Pode).

Durante a reunião, Salles afirmou que o foco da imprensa na pandemia do coronavírus é uma oportunidade:

“Precisa ter um esforço nosso aqui enquanto estamos nesse momento de tranquilidade no aspecto de cobertura de imprensa, porque só fala de Covid, ir passando a boiada, ir mudando todo o regramento e simplificando normas, de Iphan, de Ministério da Agricultura, de Ministério de Meio Ambiente, de ministério disso, de ministério daquilo, agora é hora de unir esforços para dar de baciada a simplificação de regulatório que nós precisamos, em todos os aspectos”, falou Salles.

Na moção, Mayr criticou a fala do ministro: “Demonstra verdadeiro desrespeito, não só com a pauta ambiental, mas também com as próprias vítimas do coronavírus”, afirmou. “Sua escolha como ministro não significou um cheque em branco, sob o pretexto de simplificar e desburocratizar as normas ambientais, para acabar com a floresta e os povos indígenas”, acrescenta.

A Câmara enviou a moção ao Ministério do Meio Ambiente. 

SALOMÃO Churrascaria e Marmitex Somente entrega e retirada Av. José Pagano Brundo, 19 Vila Pagano – Valinhos 📞 19 3849 7235 📞 19 9 8298 2965 (whatsapp)

Deixe um comentário

Por favor, digite seu comentário.
Por favor, digite seu nome