Posto de combustível em Campinas com fila de carros. Foto: Portal RMC

No final da tarde desta sexta-feira, 25, o prefeito Jaime Cruz decretou Situação de Emergência no Município de Vinhedo, isso em decorrência da paralisação nacional dos caminhoneiros, que teve início no dia 21, e que acarretou desabastecimento de combustível no município e, especialmente, por conta da necessidade da manutenção dos serviços públicos essenciais, em função do interesse público nos casos de emergência.

Pelo decreto, todas as empresas que comercializam combustíveis no município devem assegurar prioridade para atendimento dos serviços públicos essenciais, incluindo Saúde (transporte de pacientes, distribuição de insumos e medicamentos) e Segurança (Guarda Civil Municipal, Defesa Civil e Corpo de Bombeiros).

O decreto permanece em vigor até que haja a normalização do fornecimento de combustível no município. Durante o final de semana, a Prefeitura avaliará outras questões decorrentes da crise ocasionada pela falta de combustíveis, entre elas, sobre o retorno ou não do funcionamento das escolas e das creches.

Fonte: Prefeitura Municipal de Vinhedo

Deixe um comentário

Por favor, digite seu comentário.
Por favor, digite seu nome